Topo

Coluna

Flávio Ricco

Vida do traficante Nem da Rocinha vai virar documentário

Reprodução
O traficante Nem da Rocinha Imagem: Reprodução
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

08/09/2018 00h05

A Endemol Shine Brasil acaba de criar um departamento especializado em projetos de ficção e documentários. Muito conhecida no país por seus formatos de reality show, a dona do “Big Brother” também possui grande presença na área da ficção e distribuição, com títulos vendidos para mais de 150 países.

“O Brasil é um país muito rico em criação e produção de alta qualidade e temos certeza que novos projetos de sucesso internacional vão nascer daqui nos próximos anos”, aposta a executiva Juliana Algañaraz.

Um dos trabalhos em andamento dessa nova área de ficção e documentários é sobre a vida do narcotraficante Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha. O projeto tem parceria com a Total Filmes, que adquiriu os direitos da história.

Nem cumpre pena no Presídio Federal de Porto Velho, em Rondônia. Na última quarta-feira (5), ele foi condenado a 66 anos de prisão por duplo homicídio, responsabilizado pelas mortes da modelo Luana Rodrigues de Sousa e a amiga Andressa de Oliveira, em maio de 2011.

O traficante nega as acusações.

*Colaborou José Carlos Nery

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!