PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Grupo Globo lança projeto de unificação "Uma Só Globo"

Divulgação
Imagem: Divulgação
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

24/09/2018 12h57

Todos os setores do Grupo Globo receberam nesta segunda-feira um comunicado do presidente executivo Jorge Nóbrega anunciando o lançamento do programa “Uma Só Globo”, mesmo título do projeto já utilizado pela TV Globo, agora aplicado ao conjunto de empresas.

Segundo o executivo, o resultado final deste trabalho, capitaneado pela diretora Rossana Fontenele, “será a transformação da TV Globo, Globosat, Globo.com, DGCORP e Som Livre em uma única empresa, mais ágil e mais forte”.
Para auxiliar o Grupo Globo nessa tarefa, foi contratada a Accenture, líder mundial em consultoria de tecnologia e transformação empresarial.
“As equipes de consultores e dos nossos profissionais de diferentes áreas e empresas irão trabalhar em diversas frentes, a partir da nossa visão comum de grupo”, informa Nóbrega.

A seguir, o comunicado na íntegra:
“O Grupo Globo tem uma história vitoriosa de transformações e mudanças. Ao longo de seus 93 anos de existência, criamos empresas e negócios, enfrentamos e vencemos dificuldades, inovamos, erramos e aprendemos com nossos erros. Mudar e evoluir, portanto, é parte do que somos.

Como vocês todos sabem, os negócios de mídia estão se transformando aceleradamente no mundo todo. Queremos estar à frente dessas mudanças e ser um exemplo de empresa bem-sucedida no novo cenário. Já estamos há algum tempo trabalhando em diversas iniciativas que levam a novas formas de atuar e representam um trabalho conjunto de nossas empresas e profissionais. Quero destacar quatro frentes que exemplificam esse processo:

Projeto Esportes, liderado por Roberto Marinho Neto, que tem por objetivo definir um novo modelo de gestão de esportes para TV Globo e Globosat, buscar integrar a produção de conteúdo esportivo (fábrica de esportes) e gerir esportes com uma visão de resultados e de conjunto.

Projeto de Inteligência & Publicidade Digital, liderado por Eduardo Schaeffer, que visa organizar uma área central de inteligência e comercialização dos ativos digitais produzidos pela TV Globo, Globosat e Som Livre, baseada em dados e conhecimento do consumidor.

Projeto OTT/Novo Globoplay, liderado por João Mesquita, que vai oferecer em uma plataforma de distribuição única, diretamente ao consumidor, um amplo serviço de vídeo com conteúdos produzidos pela TV Globo e pela Globosat, além de conteúdos internacionais.

Projeto Uma Só Tecnologia, liderado por Rossana Fontenele, que está organizando a tecnologia como uma função única e integrada para TV Globo, Globosat, Som Livre, Globo.com e DGCORP.

Esse conjunto de projetos mostra uma direção: integrar equipes e estruturas, desenvolver novas áreas de competência, criar novos negócios e buscar novas receitas. Queremos, agora, acelerar e tornar mais robusto esse processo de transformação. Vamos preservar o que sempre fizemos com excelência, de forma ainda melhor e mais eficiente. Mas também vamos criar novos negócios, aproveitando as oportunidades que a tecnologia e o conhecimento do nosso consumidor nos propiciam.

Estamos lançando, hoje, um ambicioso programa que chamamos de Uma Só Globo (usando o título do projeto bem-sucedido já utilizado pela TV Globo, agora aplicado ao nosso conjunto de empresas). Para nos ajudar nessa tarefa, contratamos a Accenture, líder mundial em consultoria de tecnologia e transformação empresarial. As equipes de consultores e dos nossos profissionais de diferentes áreas e empresas irão trabalhar em diversas frentes, a partir da nossa visão comum de grupo. O resultado final será a transformação da TV Globo, Globosat, Globo.com, DGCORP e Som Livre em uma única empresa, mais ágil e mais forte.

Vamos atuar em duas vertentes ao mesmo tempo: na melhoria e aperfeiçoamento de nossos negócios e atividades atuais e na criação de novos negócios. A partir da nossa visão de futuro, vamos criar objetivos concretos e mensuráveis, que serão trabalhados de forma estruturada por equipes mistas de consultores e profissionais da casa, produzindo soluções a serem imediatamente aplicadas. O programa deve durar três anos.

Com o objetivo de liderar o Programa Uma Só Globo, indiquei a Rossana Fontenele, atual diretora-geral de Planejamento e Gestão da TV Globo. Rossana assumirá desde já a posição de diretora-geral de Estratégia e Desenvolvimento de Negócios, subordinando-se diretamente a mim.

Na nova função, Rossana será responsável por todos os projetos do Programa Uma Só Globo, que começam a ser criados em outubro. Continuará respondendo pelo projeto Uma Só Tecnologia e apoiará a implantação dos atuais projetos Globoplay, Esportes e Publicidade Digital, cujos líderes continuarão subordinados a mim. Rossana vai acumular o novo cargo com suas atuais funções na TV Globo até o fim do ano.

Na sua estrutura a partir de janeiro, Rossana contará com Raymundo Barros, atual diretor de Tecnologia da TV Globo, que passará a liderar a nova estrutura integrada de tecnologia, com Cristiane Delecrode, atual diretora corporativa de Planejamento e Controle, e com Cintia Moraes, atual diretora de Planejamento Estratégico da DGCORP.

As empresas TV Globo, Globosat, Som Livre, bem como as demais áreas da DGCORP, seguem subordinadas a mim, assim como a Editora Globo/Infoglobo/Valor Econômico e o Sistema Globo de Rádio. Estas duas últimas, no entanto, não farão parte nesse momento do Programa Uma Só Globo.

Estamos fazendo um grande investimento no nosso presente e no nosso futuro. Os próximos três anos serão um período de muita efervescência e de muitas oportunidades de aprendizado e crescimento para todos. Quero convidar cada um de vocês a participar dessa construção, trazendo seus conhecimentos, sua dedicação e sua capacidade de colaborar e aprender”.

Jorge Nóbrega - Presidente Executivo do Grupo Globo

Flávio Ricco