PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Flávio Ricco

ABTA responsabiliza crise e pirataria por mau momento da TV por assinatura

Associação da TV paga responsabiliza crise e pirataria por queda de assinaturas - Getty Images
Associação da TV paga responsabiliza crise e pirataria por queda de assinaturas Imagem: Getty Images
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

29/09/2018 00h06

A Associação Brasileira de Televisão por Assinatura faz considerações a respeito de nota aqui publicada, quinta-feira, sob o título “TV paga está muito próxima do fim”.

De acordo com a ABTA, ao contrário de outros países, o número de assinantes só está caindo no Brasil e Estados Unidos, “por motivos diferentes”. No caso de lá, onde estava presente em mais de 90% dos lares, a concorrência com as novas formas de entrega de vídeo é indicada como principal causa da queda. Aqui, onde boa parcela da população ainda não tem acesso ao streaming, a crise econômica é apontada . Como exemplo: o PIB brasileiro caiu 7% entre 2015 e 2016, queda exatamente igual na base de assinantes no mesmo período.

E porque as operadoras e programadoras estão oferecendo cada vez mais conteúdos em outras plataformas, entende a ABTA que “a TV por assinatura está se transformando e não ‘próxima do fim’”.

A pirataria também é apontada como outro desafio a ser vencido, além de “uma tributação e regulação mais justas, diferentemente do que ocorre hoje, quando outras plataformas podem distribuir vídeos sem pagar os mesmos impostos e obedecer às mesmas regras”.

Partes colocadas.

Compasso de espera

Até o final da próxima semana a direção da Rede TV! já terá tomado uma decisão sobre as transmissões de vôlei.

O interesse de continuar com elas sempre existiu, porém será necessário adequar espaços na grade e vender.

Depende dessas duas coisas.

Deadline

Na Rede TV!, ainda, a novidade na sua redação de jornalismo, nesses últimos dias, é a presença de um letreiro com informações sobre fechamento do “Rede TV News”, o principal jornal da casa.

Matéria pronta, matéria “verde” e outras do interesse.

Tem que ver

Ainda não há nada confirmado sobre a sua exibição na Globo, mas já à disposição no Globoplay, a série “Assédio” se coloca entre os grandes trabalhos da teledramaturgia brasileira.

Impecável o texto de Maria Camargo, a direção de Amora Mautner e o desempenho do seu elenco, a começar por Antonio Calloni.

Show de responsabilidade

Gilberto Gil gravou como uma das principais atrações do “Fino da Bossa” especial, um dos programas escolhidos para as comemorações dos 65 anos da Record.

E foi o Gil responsável de sempre. Ficou dois dias praticamente internado na emissora, preparando-se para a apresentação de quarta-feira.

Ricardo Boechat - Silvia Costanti /Folhapress - Silvia Costanti /Folhapress
"Canal Livre", com Ricardo Boechat, será um especial sobre eleições neste domingo
Imagem: Silvia Costanti /Folhapress
Análise

O “Canal Livre”, da Band, em edição especial à meia-noite deste domingo, colocará em análise a reta final da campanha com as participações dos cientistas políticos Antonio Lavareda e Fernando Shuler.

Ricardo Boechat e Fernando Mitre completam a bancada.

Vai em frente

Dentro do SBT, há o entendimento, mas não a certeza ainda, que “Poliana” será exibida até o final do ano que vem.

A produção da sua substituta, “Patinho Feio”, vai começar entre os meses de março abril.

Problema maior

Todos lá dentro e os seus mais próximos, sabem muito bem que um dos maiores problemas da direção da Band, nos dias atuais, é administrar os muitos conflitos internos.

O tempo todo é uma área brigando com a outra, alguém contra alguém, e assim vai indo.

Ou não vai, porque isso só tem feito os problemas crescerem.

Não tinha jeito

A Record recebeu críticas por estrear “A Fazenda” em pleno período eleitoral e assim como outras emissoras forçada a fazer mudanças na sua programação.

Não havia outro jeito. Ou seria agora, com foi, ou ficaria sem. Só no ano que vem.

De qualquer maneira, agora ou em qualquer outro momento, este está longe de ser o principal problema do programa.

Registro

Nem passa na cabeça da Globo acabar com o “Vídeo Show”. Mas é certeza que algumas mudanças já estão sendo pensadas para ele.

E mudanças que podem ir além dos apresentadores do programa.

Adriana Esteves e Deborah Secco - Divulgação/TV Globo - Divulgação/TV Globo
Karola filha de Laureta é anunciada como próxima atração de "Segundo Sol"
Imagem: Divulgação/TV Globo
Precoce

Li na Patrícia Kogut, em “O Globo”, que “Segundo Sol” tem como próxima atração o anúncio que Laureta é a mãe de Karola.

Mais outro caso de que novela aceita tudo. Considerando a real das duas, seria como Adriana Esteves ter a Deborah Secco como filha aos 10 anos. Então tá.

Bate – Rebate

• Marcelo de Oliveira, treinador do Fluminense, neste sábado, é o convidado do “Aqui com Benja”, do Benjamin Back, no Fox Sports, faixa da meia-noite.
• No dia 9, o TNT vai transmitir a entrega de prêmios do “American Music Awards 2018”, direto de Los Angeles...
• ... A apresentação será de Domingas Person, com comentários de Phelipe Cruz. Ao vivo e exclusivo.
• “Um Dia na Broadway”, musical adulto do Billy Bond, vai estrear no Teatro Bradesco, sexta que vem...
• ... Uma produção grandiosa. São 32 artistas e orquestra em cena.
• O cinema passou a ser o negócio do ator Ricardo Pereira após o encerramento da novela “Deus Salve o Rei”...
• ... Serão três trabalhos, um na sequência do outro...
• ... O primeiro deles, “De Perto Ninguém é normal”, foi rodado nesses dias aqui no Rio de Janeiro...
• ... Quanto aos outros dois, “Os homens são de marte” será filmado em Nova York...
• ... E “Aos Nossos Filhos”, também ainda este ano, no Rio.

*Colaborou José Carlos Nery

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Flávio Ricco