Topo

Coluna

Flávio Ricco


Saída do Porchat da Record tem mágoas e frustrações

Saída do Fábio Porchat não será de forma tranquila - Antonio Chahestian/Record TV
Saída do Fábio Porchat não será de forma tranquila Imagem: Antonio Chahestian/Record TV
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

24/10/2018 17h47

Até a última gravação do seu programa, em dezembro, Fábio Porchat continuará, como sempre fez, cumprindo com todas as suas obrigações na Record.

E também procurará não se manifestar sobre os reais motivos que o levaram a tomar a decisão de sair, usando para isso a prerrogativa de uma cláusula do seu contrato que permite esta interrupção, mesmo a um ano do fim, sem prejuízo às partes.

Mas se o Fábio tem lá os seus ressentimentos com a Record, a recíproca também não deixa de ser verdadeira.

Em ambos os casos, nada é tão de agora, apenas se acentuaram com os tempos.

Do lado do apresentador, o que mais pegou sempre foi a falta de uma maior liberdade em chamar os seus convidados e os vetos que existiram em nomes de pessoas que, no seu entender e da produção do programa, poderiam render boas entrevistas.

A Record, da parte dela e dos seus diretores, embora disfarçasse, sempre mostrou dificuldades em enquadrá-lo nos regimes da casa e não assimilou ainda a iniciativa do artista em deixar a emissora.

Um tiroteio camuflado teve início a partir do anúncio da saída, com notícias indiretas sendo disparadas de parte a parte até chegar ao ponto que chegou.

E em um cenário de mágoas e frustrações, sem quaisquer condições de ser alterado. Record e Fábio, Fábio e Record, irão se aturar protocolarmente até o último dia. 

Vai mudar

O programa do Otávio Mesquita, hoje apresentado nas madrugadas do sábado e domingo, passará a ser exibido diariamente, conforme determinação do SBT, já abençoada pelo seu dono.

Começa em dezembro. Os índices atuais, na casa dos 4 ou 5 pontos, e as perspectivas comerciais pesaram na decisão.

Discretamente

Nesses últimos dias, nas exibições da “Fazenda”, ninguém mais ouviu Marcos Mion falar em “fogo no feno”. Não sei, mas a nota, aqui publicada, falando da relação com “fogo no parquinho”, do Tiago Leifert, pode ter alguma coisa a ver com isso.

Mion tem procurado usar outras expressões pecuárias. ”Azedou a boca da égua” é uma delas.

Requinte

O SporTV, em se tratando de “Libertadores”, acionou duas duplas de transmissão diferentes, nos jogos do Grêmio e Palmeiras.

Na terça-feira, Gustavo Villani e Paulo César Vasconcellos. Nesta quarta, Milton Leite e Maurício Noriega. Foi aos requintes.

Em compensação

Semifinal da Libertadores, clube brasileiro em campo, Palmeiras contra o Boca Juniors na Bombonera, somente Transamérica e Globo/CBN, de todas as rádios de São Paulo, tiveram o cuidado de mandar um repórter e um operador para Buenos Aires.

O resto tudo no tubo daqui. Que decadência. Gastaram tudo no trem da alegria da Copa do Mundo.

Bárbara Borges, atualmente como a Livona de “Jesus”, na Record, fotografada pelas lentes de Vinicius Mochizuki - Vinicius Mochizuki
Bárbara Borges, atualmente como a Livona de “Jesus”, na Record, fotografada pelas lentes de Vinicius Mochizuki
Imagem: Vinicius Mochizuki
Mais tempo

Todo o elenco de “Jesus” já foi avisado da espichada da novela.

As gravações, de acordo com a nova determinação, devem se estender até meados de janeiro. Se não passar um pouco disso.

Linha de produção

A Formata começa a gravar a quarta temporada do “Multi Tom”, do Tom Cavalcante, a partir do próximo dia 12.

Também em novembro terão início os trabalhos da “Família Nordestina”, do Whindersson Nunes. Ambos para o Multishow.

Situação delicada

O “quadro do chapéu”, do Raul Gil, terá o religioso Silas Malafaia como seu próximo convidado, alguém que não tem feito a menor cerimônia em se colocar politicamente.

O programa irá ao ar no próximo sábado, véspera do dia da eleição. Cuidado redobrado na edição.

Últimos debates

Nesta quinta, depois de “Segundo Sol”, a Globo vai promover debates entre os candidatos ao governo, nos estados em que haverá segundo turno.

Será o último das atuais eleições. O presidencial de amanhã, pela impossibilidade de um dos candidatos, foi cancelado.

Suspense de sempre

Ainda com relação às eleições de domingo, a ordem no jornalismo do SBT é a mesma.

Redação inteira no plantão e boletins ao longo de todo o dia, com exceção do “Programa Silvio Santos”. Pelo menos até agora, não existe nenhuma autorização do dono para isso e todos, como a paciência de sempre, irão esperar por ela até a última hora.

Guga é o convidado de uma nova série do "Esporte Espetacular" - Marco Antonio Araújo/TV Globo
Guga é o convidado de uma nova série do "Esporte Espetacular"
Imagem: Marco Antonio Araújo/TV Globo
Nova série

O “Esporte Espetacular” estreia domingo a série “Start: a Era dos Games”, em quatro episódios, que tem o desafio de recriar o primeiro videogame da história, 60 anos depois do seu lançamento.

E como o precursor do videogame simulava uma partida de tênis, Felipe Andreoli vai desafiar Gustavo Kuerten, tricampeão de Roland Garros, para uma partida virtual.

Marcha à ré

O jornalista gaúcho Juremir Machado, que abandonou no meio o programa “Bom Dia com Rogério Mendelski”, porque não conseguiu fazer perguntas ao candidato Bolsonaro, continuou na rádio Guaíba. Não saiu não.

No mesmo dia, à tarde, ele apresentou normalmente o seu programa na faixa da tarde, como se nada tivesse acontecido. Juremir se manifestou numa rede social: “Amigos, continuo no [jornal] Correio do Povo e na Rádio Guaíba. Saí do programa do começo da manhã”.

Bate – Rebate

• A cinebiografia “Elis”, sobre a carreira da cantora Elis Regina, lançada em 2016, vai ganhar formato de série na Globo, a partir de janeiro...
• ... No entanto, houve a necessidade de recorrer a cenas extras, que estão sendo filmadas agora em São Paulo...
• ... E Andreia Horta, de novo, como Elis. Mel Lisboa também foi chamada, para fazer Rita Lee.
• Gilberto Braga, vale lembrar, tinha apresentado na Globo uma ideia de série sobre Elis Regina...
• ... Porém, o projeto dele não andou internamente, daí a opção por transformar em série o filme dirigido por Hugo Prata.
• O treinador Milton Cruz é o convidado especial do “Cartão Verde”, nesta quinta, na Cultura.
• E na Gazeta, nesta mesma quinta, tem a estreia do “Rainha das Compras”, reality com apresentação da Márcia Dutra, que passa a ser exibido dentro do “Mulheres”, da Regina Volpato.
• Além do vôlei da Superliga, já consumado, a TV Gazeta pretende investir nas transmissões de outras modalidades esportivas. Tem um trabalho em cima disso.
• Digital da Rede TV!, em plena fase de expansão e muito carinho, também terá um programa esportivo entre os seus novos produtos...
• ... Será uma maneira de aproveitar melhor seus contratados. Silvio Luiz, Juarez Soares e Luiz Ceará, entre outros...
• ... Um desperdício não utilizá-los de maneira conveniente.
• Um roteirista da Globo, após o “abre” de ontem, lembrou que a Apple investirá US$ 1 bilhão em séries originais para sua plataforma de streaming.

*Colaborou José Carlos Nery