Topo

Coluna

Flávio Ricco

Nany People agora é Nany People também na carteira de identidade

Brazil News
Nany People já está devidamente documentada Imagem: Brazil News
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

31/10/2018 00h05

Nany People era ontem, terça-feira, uma das pessoas mais felizes na coletiva de “O Sétimo Guardião” e por duas razões muito especiais.

A primeira, a realização de um sonho. Fazer uma novela do Aguinaldo Silva, em um papel dos mais interessantes, aqui já descrito: um alguém que, no passado e ainda como homem, trabalhou com Valentina Marsalla, personagem da Lilia Cabral, mas que ao chegar em Serro Azul, a cidade onde tudo acontece e já como uma transexual assumida, só quer ser chamada de Marcos Paulo.

A outra é que depois de 20 anos de luta, finalmente conseguiu substituir o nome de batismo, Jorge Demétrio Cunha Santos, por Nany People Cunha Santos na carteira de identidade.

Aliás, conforme conta, a estreia foi gloriosa: segunda-feira, plena ponte-aérea São Paulo – Rio, ela usou o documento pela primeira vez.

*Colaborou José Carlos Nery