Topo

Coluna

Flávio Ricco


Momento do "Vídeo Show" é o de controlar a ansiedade

Joaquim Lopes e Sophia Abrahão, os apresentadores  no "Video Show" - Reprodução
Joaquim Lopes e Sophia Abrahão, os apresentadores no "Video Show" Imagem: Reprodução
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

17/12/2018 00h06

O ano vai chegando ao fim e o interesse é grande sobre o que será do "Vídeo Show", agora sob o guarda-chuva do jornalista Mariano Boni. 

E nada que, por enquanto, vá além dessa expectativa, sem se esperar por nada mais prático, até pela brevidade das medidas colocadas em prática no Entretenimento da Globo. Tudo ainda muito recente. 

O Mariano possui esse tempo pela frente e ele mesmo, em seu primeiro contato com a equipe, admitiu que irá encarar este desafio com o maior e melhor dos entusiasmos.

Uma tarefa que não é fácil, principalmente por se tratar de um programa com mais de 35 anos de história e transformações.   

Natural também que existam cobranças, até pela necessidade de se dar, o quanto antes, uma resposta ao público e à concorrência. 
Mas nada e nem isso deve precipitar a ordem das coisas. Antes de tudo, é preciso controlar a ansiedade.

O "Vídeo Show" é, como sempre foi desde que passou a existir, uma das marcas da programação da Globo e tudo que se relacione a ele, porque a própria ocasião se oferece propícia, deve acontecer com merecidos cuidados e atenção. 

Calma nessa hora

Nas suas várias entrevistas pós-"Fazenda", Marcos Mion deu a entender que tem propostas de outras TVs. Joga no ar, sem revelar quais.

Será que isso é bom? 

Já foi dito...

Mas sempre é bom repetir: Mion foi muito importante para a "Fazenda". Deu uma rejuvenescida no programa. Mérito dele.

Mas a Record também foi importante para o Mion, ao acreditar nele, num momento não tão bom da sua carreira. Certas queimações - até pelo respeito que deveria existir - poderiam ser evitadas.

Tudo bem

A Band, em contraponto à nota desta coluna, informou que acabar com o "Jornal da Noite" nunca passou pela cabeça da sua direção.

Sendo assim, o que se espera é um tratamento, no mínimo, mais adequado ao jornal.

Por exemplo

O próprio cenário do "Jornal da Noite", mostrando a redação atrás, com todas as luzes e computadores apagados durante a sua exibição, revela que não existe ninguém trabalhando nele.

Como aquilo pode seduzir o telespectador a esperar por alguma novidade?

Boni, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho - Marcos Ribas/Brazil News
Boni, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho
Imagem: Marcos Ribas/Brazil News

Aniversário

Muito próximo de completar 70 anos de televisão, em plena ativa cuidando da Rede Vanguarda, no Vale do Paraíba, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, tem recebido o incentivo de amigos para colocar num livro toda essa história. E que história. Revelar o que não revelou nos anteriores.

Fausto Silva é o principal deles.

A propósito

Se o Boni, um dia, resolver publicar apenas os memorandos que distribuía enquanto diretor da Globo, só isso já será da maior relevância.

Lições que a televisão nunca mais esqueceu. Ou não deveria esquecer.

Apaga tudo

Aqui foi dito que estava planejado um especial do Galvão Bueno com Arnaldo Cézar Coelho para o SporTV. Não é nada disso. Por favor, esqueça.

Na verdade trata-se de uma produção do "Esporte Espetacular". Uma homenagem do Galvão ao Arnaldo, para o programa que vai ao ar no próximo domingo.

A ideia

O "Esporte Espetacular" preparou para os dois, Galvão e Arnaldo, um passeio no Maracanã, com eles falando sobre a vida e carreira.

Pelo caminho, algumas surpresas para o comentarista de arbitragem que deixará a função no fim deste ano. 

Um olho na Zoe...

Sabrina Sato, mãe em tempo integral, começa a disparar olhares para os demais compromissos de sua carreira.

Além dos comerciais, sempre intensos, já existe a preocupação sobre a formatação do seu novo programa. 
Pouca gente sabe, mas a Record contratou uma agência para auxiliar no desenvolvimento deste trabalho.

Escala

O SporTV vai transmitir o Mundial de Clubes da Fifa, nos Emirados, com escalas já definidas.

Luiz Carlos Jr. faz a semifinal do dia 18 (River Plate) e Gustavo Villani a do dia 19 (Real Madrid). Milton Leite foi designado para a final, dia 22, com os comentaristas Lédio Carmona e Roger Flores. Os jogos começam às 14h30. Tudo off-tube.

Nada consta

Nesses últimos dias, nos bastidores da Rede TV!, chegaram a circular informações colocando em dúvida o futuro do programa "Sensacional", apresentado por Daniela Albuquerque.

Que poderia deixar de ser produzido por causa de baixa audiência.

Os boatos provocaram certo transtorno, porém, são improcedentes. "Sensacional" estará na grade de 2019.   

Carolina Dieckmann, cinema só depois da novela - Estevam Avellar/Globo
Carolina Dieckmann, cinema só depois da novela
Imagem: Estevam Avellar/Globo

Só depois

Carolina Dieckmann, atualmente em "O Sétimo Guardião", não descarta uma volta ao cinema depois da novela. São muitas as possibilidades. 

Mas nada agora. No momento, não tem como assumir outro compromisso, porque a Globo pediu atenção total à trama das nove.   

Bate - Rebate

*    Larissa Erthal apresentará edições do "Jogo Aberto" na Band, em janeiro, durante as ausências de Renata Fan...  
*    ... Mas a Renata, devido a compromissos comerciais, deixará alguma coisa gravada para o programa.
*    Globo continua estudando um novo formato para o "Lazinho com Você"...
*    ... Caso o projeto não consiga aprovação, Lázaro Ramos voltará às novelas e séries.   
*    "Menos é Demais" vai para a sua segunda temporada no Discovery Home & Health...
*    ... E irá começar com a exibição de dois episódios inéditos seguidos. Estreia na terça, 8 de janeiro, às 20h30.
*    Ainda tem publicidade da Sabrina Sato no ar com ela grávida...
*    ... Alguém precisa avisar que a Zoe já nasceu. E faz um tempinho.
*    A próxima temporada da "Sessão Terapia", a quarta, terá 35 episódios.
*     Domingos Maracanã, ex-jogador, está fazendo comentários da Superliga Masculina de Vôlei na Gazeta.
* Colaborou José Carlos Nery