Topo

Coluna

Flávio Ricco


Band tem pela frente um 2019 para se reinventar

Reprodução
Imagem: Reprodução
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL

2019-01-02T00:06:00

02/01/2019 00h06

A direção da Band deixou para esses primeiros dias de janeiro uma decisão sobre mudanças na sua programação.

De fato, foram feitos alguns estudos, mas ninguém deve esperar por novidades tão significativas. O trabalho prometido não deve ir além de mais uma fase de ajustes.

Mas será isso o suficiente?

O que se constata já de algum tempo é que, entre tantas outras coisas, hoje, o que mais falta na Band é uma identidade própria.

No passado, sempre foi vista como canal do jornalismo e esporte. Tinha o lugar dela e o respeito de todos. Sabia se colocar e se apresentar.

No entanto, nos últimos tempos, depois de tantos tiros no escuro, e errados, fica impossível saber no que se transformou.

E mesmo contando com valores importantes no seu casting - Boechat, Datena, Ana Paula Padrão, Pannunzio e inúmeros outros, suficientemente capazes de virar esse jogo, são muitas as dúvidas se o pessoal de bastidores, os que hoje ocupam o comando, estão na mesma altura. Ou se são os indicados para fazer o trabalho que a Band tanto necessita. 

Só resta torcer por um ano melhor. O 2018, para ser esquecido, ficou para trás, assim como 2017, 2016...
 
Balanço positivo
 
"O Sétimo Guardião", também na audiência, vai se saindo muito bem.
 
Mesmo começando num final de ano e com vários fatores jogando contra - calor, férias, festas..., está se mantendo  muito próxima da casa dos 30 pontos.
 
Ganhou frente
 
A propósito de "O Sétimo Guardião", graças a um esforço de toda a equipe no período que antecedeu o Natal e passagem de ano, foi possível dar um avanço bem importante nas gravações.
 
Mesmo com as folgas regulamentares, já existe uma frente bem confortável.
 

Divulgação
Otaviano Costa estreia o "Tá Brincando" no próximo sábado Imagem: Divulgação
Regressiva 
 
Otaviano Costa estreia o "Tá Brincando", neste próximo sábado, na Globo. O programa traz uma interação entre gerações por meio de jogos, desafios, quadros divertidos e histórias emocionantes.
 
E ele está bem animado: "a felicidade que os personagens transbordam é fantástica, tanto no palco como nas externas. É inspiração e transformação em um programa de entretenimento, feito para diversão de toda a família".
 
Também merecem
 
O "Lady Night", da Tatá Werneck, teve mais uma temporada muito boa no Multishow.
 
Graças muito a ela, que mete, sem medo, a cara no trabalho e participa de tudo, mas também do pessoal que não aparece - câmeras, diretores, produtores, roteiristas, figurinistas. Por questão de justiça todos devem ser reconhecidos. 
 
Força do conjunto
 
Em televisão, como em inúmeros e outros setores, a soma de esforços e talentos é sempre imprescindível em qualquer trabalho.
 
No entanto - e este não é caso da Tatá -, importante salientar, alguns sempre chamam para eles o sucesso, mas nunca aparecem no momento de um fracasso. Preferem responsabilizar os outros. E são vários os que agem assim.
 
Vale destacar
 
Lá fora, principalmente nos Estados Unidos, o pessoal de retaguarda - roteiristas, produtores...-  tem uma importância absurda nos trabalhos de TV e de cinema.
 
Na indústria inteira e até em premiações existe este reconhecimento. 
 
Isabella Pinheiro/Globo
André Marques Imagem: Isabella Pinheiro/Globo
Torcida organizada

 
André Marques e todo o pessoal do "The Voice Kids" estão na maior expectativa.
 
Pelo segundo ano consecutivo, o programa concorre ao prêmio "Emmy Kids". Aliás, a Globo foi indicada em duas das sete categorias do prêmio. Além do "The Voice Kids", "Malhação - Viva a Diferença" é finalista na categoria "Séries". A cerimônia de premiação será no dia 9 de abril de 2019, em Cannes.
 
Cinema
 
O cineasta Pedro Amorim, filho do diplomata Celso Amorim, já com vários bons serviços prestados, prepara-se para dar início à produção de "Derrapada".
 
É o próximo trabalho de Leandra Leal, depois da série "Aruanas".
 
Enrolation
 
Esse período de férias do futebol, para os canais esportivos em especial, chega a ser um martírio. 
 
Sem muitas opções, a saída acaba sendo as intermináveis reprises, incluindo de jogos beneficentes, tipo Amigos do Jogador A contra Amigos do Jogador B. Difícil.
 
Mesmice
 
Marco Pigossi já disse e repetiu que, além do desafio, outra razão de não ter renovado com a Globo foi a praticamente nenhuma variação de seus últimos papéis em novelas. Mocinho quase sempre. 
 
Daí o fato de buscar novos desafios, incluindo o mercado de streaming - Netflix.
 
Time em campo
 
Nesta altura é possível dizer, sem medo de errar, que a Amazon Prime já está no mercado brasileiro. Com os dois pés.
 
As suas produções devem ter início ainda este ano. E logo no comecinho dele.
 
Bate - Rebate
 
.    Os canais infantis continuam como os mais vistos da TV paga...
.    ... Todos, faça sol ou chuva, com os seus intervalos bem recheados...
.    ... Mas já existem abusos...
.    ... Em vários horários, as crianças são obrigadas a assistir a mais comerciais que desenhos.
.    Vários setores da Rede TV!, depois de uma paralisação de quase 20 dias, já devem retornar agora ao trabalho...
.    ... E por aí se incluem, algumas produções.
.    Confirmado: a gravação do próximo Troféu Imprensa será no dia 23 de abril, uma terça-feira...
.    ... E o programa irá ao ar no domingo seguinte, 28.
.    Carolina Ferraz tem, neste ano, planos para cinema e um programa na internet...
.... Mas nada de televisão por enquanto.
 
*Colaborou José Carlos Nery