Topo

Coluna

Flávio Ricco


O drama das novelas que abandonam o bom e velho feijão com arroz

Roberto Filho/Brazil News
Para Glória Perez sempre há espaço para boa dramaturgia Imagem: Roberto Filho/Brazil News
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

03/02/2019 00h06

Há uma crítica recorrente sobre as novelas, que já não estariam seduzindo como antes, levadas por uma série de fatores como desgaste do gênero, falhas estruturais, repetições de temas, alterações forçadas, principalmente por pressão de audiência e até mesmo aposentadoria ou ausência de muitos daqueles profissionais (autores e diretores) que a consagraram. 

Só que na contramão de tudo temos uma Glória Perez, responsável por tantos sucessos e, hoje, exercendo uma função executiva na Globo, passando uma observação bem interessante. De acordo com ela, "sempre há espaço para uma boa dramaturgia". Está coberta de razão. Para bom entendedor, quis dizer que quando a história é bem construída, dirigida e interpretada, o público vem junto e sempre se interessa em assistir ao capítulo seguinte.

Se o telespectador perde o interesse, não se pode colocar a culpa na TV paga, Netflix ou nos demais fatores mencionados. É necessário se aprofundar na questão e descobrir "onde tá pegando". Agora, exagero também achar que o gênero anda de mal a pior, porque é, e será por muito tempo, uma das nossas melhores opções de entretenimento.

Fiquemos com uma declaração do Tony Ramos, em coletiva da Globo, que entende que o bom e velho folhetim nunca perderá espaço na vida dos brasileiros:

"Eu ouço que a novela vai acabar desde a década de 1970. Aqui ela ficou mais ágil, menor, mas não vai perecer". Mas faz um alerta: "Se a essência do folhetim não estiver presente, esqueça o produto". Em resumo, apostar na receita do bom e velho arroz com feijão ainda é o ideal.

Vai mudar 

A CBTV, Canal Brasil TV, deverá trocar de nome com a chegada de Amaury Junior para cuidar da sua grade de programação. É grande a expectativa em torno dessas mudanças.

O canal é exibido na Apple TV, Amazon TV e em smart TVs, e possui audiência mundial estimada em 1,2 milhão de telespectadores.

Devagar 

Enquanto isso, a Record TV Américas continua um tanto quanto parada.

Apesar de já estar com sinal, nenhum passo foi dado no que se refere à produção de programas, em sua base na Flórida.

Ação 

Por sua vez, a Globo Internacional, nos Estados Unidos, disparou uma nova ação, com modelo semelhante à adotada por aqui no período de eleições - "Que Brasil você quer para o futuro?".

Pede aos interessados que enviem fotos ou vídeos de até 30 segundos dos momentos mais importantes do seu dia a dia.

No páreo

Cláudio Heinrich não abandonou a carreira de ator, apesar do envolvimento em outras áreas, como as aulas de jiu-jítsu.

Está na pista, avisa, à espera de um bom convite.

Quarta edição 

A Globo marcou para o dia 20 de abril a estreia da 4ª temporada do programa "Zero1".

Exibição após o "Altas Horas", sempre com apresentação de Tiago Leifert.

Vai entender  

Não chega a ser novidade a orientação da Globo para que seus atores não assumam compromissos no período de gravações, a fim de não prejudicar a boa ordem dos trabalhos.

Mas por que esse assunto sempre volta e ainda rende tanta dor de cabeça?

Reprodução/SBT
Silvio Santos tem duas cinebiografias em curso Imagem: Reprodução/SBT

Anúncio

A Paris Entretenimento soltou comunicado anunciando que a "previsão de produção" da cinebiografia sobre Silvio Santos ficou para 2020.

Informou ainda que estão para serem confirmados os responsáveis por roteiro e direção.  Isso está com cheirinho de bolo queimando.

Separando as coisas

Vale lembrar que há dois projetos de filmes sobre Silvio Santos em andamento.

No caso deste, tocado pela Paris Entretenimento, não existe nenhuma relação com Rodrigo Faro.

Pingos nos is

O projeto envolvendo o apresentador da Record, para o papel de Silvio Santos, este é liderado por Moonshot Pictures, Maristela Filmes, FJ Productions e DIS Group e Ricardo Scalamandré, com distribuição da Imagem Filmes.

Direção de Maurício Eça.

Tá sentado!

Havia um terceiro projeto de cinebiografia do Silvio, este da Filmland, que deu uma estacionada.

Não se falou mais sobre ele.

Dependência

O vice da Rede TV!, Marcelo de Carvalho, voltará a despachar nos próximos dias, com o fim das suas férias. As questões do Artístico e Programação passam por ele.

Entre os assuntos pendentes, a produção do "Entubados", que era do Sony.  

Garotos da capa

Jesuíta Barbosa, Rafael Vitti e Isabelle Drummond foram os escolhidos para a capa do primeiro CD com a trilha sonora da novela "Verão 90".

Cláudia Raia e Dira Paes são as mais prováveis para o Volume 2.

Do ramo

Camila Morgado aceitou o desafio de liderar o elenco de "Malhação - Vidas Brasileiras". E deu conta do recado.

A atual temporada da novela vai até abril e, na sequência, férias da televisão para a atriz.  

Divulgação/Instagram
Tribalistas cantam tema de Órfãos da Terra Imagem: Divulgação/Instagram

Fechou

"Diáspora", um trabalho do "Tribalistas", está confirmada como tema de abertura de "Órfãos da Terra".  

Era a canção desejada pela equipe da nova novela das seis.  

Bate-Rebate

* Globo já trabalha na seleção de participantes do próximo "Tamanho Família", programa do Márcio Garcia. 

* Programa do padre Alessandro Campos será gravado na própria Rede TV! e tem estreia confirmada para 11 de fevereiro.

* ...Interessante é que nessa movimentação toda, a Rede TV! não perdeu ninguém...

*...Conseguiu segurar tanto o Edu Guedes quanto a igreja Universal na grade...

*... Até quando só Deus sabe.

* Além de Caio Castro, Esther Góes e Augusto Madeira também gravaram "Os Roni", nova série do Multishow.

* Drama e ação serão os pontos altos dos dois primeiros capítulos de "Órfãos da Terra", nova novela das seis...

*...E tudo em cima da mocinha, vivida por Julia Dalavia...

*... Já no campo do humor, a grande aposta da novela será no personagem de Marcelo Médici...

*...Ele, entre outras coisas, tem alergia a pólen, mas é obrigado a trabalhar em uma floricultura.   

* Tudo certo para a volta do Ratinho, dia 11 de março, ao vivo, no SBT.  

*Colaborou José Carlos Nery