PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Flávio Ricco

"Jornal da Band" vai sofrer mudanças no seu melhor momento de audiência

Fábio Pannunzio apresenta o "Jornal da Band" no lugar de Ricardo Boechat - Reprodução/Band
Fábio Pannunzio apresenta o "Jornal da Band" no lugar de Ricardo Boechat Imagem: Reprodução/Band
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

26/02/2019 00h06

Conduzido por Fábio Pannunzio e Lana Canepa, na semana passada o "Jornal da Band" fechou todos os dias com mais de cinco pontos no Ibope, números da Grande São Paulo, o que representa um ganho médio de aproximadamente 25 por cento. Foi o melhor resultado nos últimos anos.

Um dado dos mais importantes e revelador da força do produto, que sobreviveu ao falecimento do grande Ricardo Boechat.

Às voltas com tantas problemas, os dados demonstram que o "Jornal da Band" não deveria constar na lista das maiores preocupações da direção da Bandeirantes. Mas nem sempre é assim que as coisas funcionam.

Pannunzio, considerado "petista não alinhado" editorialmente, jamais foi sequer cogitado para permanecer na cadeira de Boechat. 

O novo âncora, Eduardo Oinegue, teve nesta segunda-feira, 2 da tarde, a primeira reunião com diretores e editores do "Jornal da Band". A sua estreia poderá acontecer logo depois do carnaval, mas há quem torça para que isso ocorra só em meados de março, a tempo de aprontar a nova cenografia, jogo de vinhetas etc. 

Não se sabe ainda o que a Band fará com Pannunzio. O certo é que ele não voltará ao "Jornal da Noite" nem será contemplado com um novo projeto de programa semanal, como a própria Band chegou a confirmar. 

Por enquanto, vai ficar na NASA - no espaço e sem função.

Salseiro (1)

Já está a maior confusão nos interiores de "Jezabel", anunciada como nova minissérie da Record, mas que, na verdade, vai virar novela.

Quanto ao elenco, queixa nenhuma. Estão todos muito bem instalados em um hotel de Paulínia, vizinho aos estúdios. E trabalhando normalmente.

Salseiro (2)

O problema é com o pessoal da técnica. Em vez de Paulínia, estão todos hospedados em Campinas. 

A distância até não é o maior dos problemas - cerca de 25 km apenas, mas o hotel em questão fica dentro de um condomínio fechado, sem nada por perto - padaria, fast food, farmácia etc... O único restaurante é o do hotel, que cobra R$ 45 por refeição e a verba de alimentação diária da Record é R$ 28. No caso deles, nem dá pra vender o almoço pra comprar o jantar. Mau, hein?

Isabelle Drummond - Rafael Campos/Globo - Rafael Campos/Globo
Lenço da Isabelle Drummond mudou de cor em "Verão 90"
Imagem: Rafael Campos/Globo

Me explica

"Verão 90", capítulos de sexta e sábado, a personagem da Isabelle Drummond aparece toda bonitinha com um lenço vermelho na inauguração da TV.

Cena seguinte, em casa, flagrando a mãe com o namorado na cama, o mesmo lencinho no pescoço ficou rosa. Com certeza desbotou. Numa dessas, culpa da chuva que ela tomou no meio do caminho.

Tem que descobrir

Em se tratando do Oscar ou qualquer outra transmissão do tipo, tradução simultânea, com todo respeito a quem faz, não dá mais. É sempre um horror.

Melhor legendar ou deixar o original. O bom trabalho apresentado por Maria Beltrão, Artur Xexéo e Dira Paes, em vários momentos, foi altamente comprometido.

Atraso

Ainda sobre o mesmo Oscar, a Globo, que exibiu parte dele, sempre esteve cerca de cinco segundos na frente do TNT, que apresentou a festa inteira.

Um delay incompreensível.

Flávia Noronha  - Rede TV! - Rede TV!
Flávia Noronha vai comandar com Nelson Rubens o Carnaval da Rede TV!
Imagem: Rede TV!

Carnaval

A exibição de um "Tricotando Especial", na sexta-feira, das 18h00 às 19h25, vai abrir a cobertura de Carnaval da Rede TV!. Apresentação de Lígia Mendes e Franklin David.

No mais, será aquele mesmo esquema de todos os anos, sob o comando de Nelson Rubens e Flávia Noronha, com a presença de Jojo Todynho no estúdio. 

Palestra 

A Globo promoveu um evento bem interessante na última sexta-feira dedicado aos preparativos de "Toda Forma de Amar", que é a próxima "Malhação", com estreia em abril.

Foram escalados não somente nomes experientes e consagrados, mas também jovens atores, para uma palestra com o elenco.  

Convidados especiais

Lilia Cabral e Tony Ramos, atualmente em "O Sétimo Guardião", participaram do encontro, além de Juliana Paiva, Rodrigo Simas, Agatha Moreira, Nicolas Prattes, entre outros. 

Emanuel Jacobina assina o roteiro.

Nomes cotados 

O projeto "Gênesis", na fila de novelas bíblicas, perdeu o autor Gustavo Reiz, em comum acordo, mas não saiu dos planos da Record. 

O trabalho agora será tocado por outros profissionais mais alinhados com as determinações religiosas da casa. Emílio Boechat, com o apoio de Joaquim Assis, está próximo de ser o escolhido.  

Bate - Rebate

*    Lucas Gutierrez, a partir de domingo, formará dupla com Bárbara Coelho na apresentação do "Esporte Espetacular"...
*    ... Férias do Felipe Andreoli.
*    Jornalismo esportivo de luto com a morte de Roberto Avallone. Triste...
*    ... Avallone, de um texto brilhante, revelador de valores e merecedor de todas as homenagens que vem recebendo...
*    ... Quem, em toda classe, não tem uma história do Avallone? 
*    Montar uma emissora do zero exige muito trabalho: local, equipe, equipamentos... 
*    ...Daí que o lançamento da CNN Brasil ainda não pode ser confirmado para setembro...
*    ...São tantos os detalhes, que impedem a emissora de assumir um compromisso de data. 
*    SBT disparou chamadas do "Programa da Maisa", confirmando estreia para 16 de março, um sábado.
*    Página do SBT no Instagram passa a ter atualização diária do jornalismo.   
*    Tudo certo: o "Batalha Makers Brasil", sob o comando de Marcelo Tas, tem estreia confirmada para o dia 28 de abril, às 18h, no Discovery.

*Colaborou José Carlos Nery
 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Flávio Ricco