PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Flávio Ricco

Até quando a Globo antiga terá que socorrer a Globo de agora?

Globo se socorreu de "A Grande Família" para resolver um dos seus problemas - TV Globo
Globo se socorreu de "A Grande Família" para resolver um dos seus problemas Imagem: TV Globo
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

07/03/2019 00h06

É inaceitável que a Globo, com toda a capacidade de produção que possui, lance mão de reprises, tais como "A Grande Família" ou "Sai de Baixo", para resolver os seus problemas de programação e audiência.

O fim do "Vídeo Show", por obra dos sucessivos erros na sua realização e falta de capacidade de reinventar o programa no momento certo, já foi um visível sinal de fragilidade, assim como a escolha da "Sessão da Tarde" para cobrir o seu horário.

Movimentos ruins que, no mínimo, deveriam merecer melhor atenção, especialmente porque outros horários e programas começam a apresentar rendimentos insatisfatórios, não apenas no Ibope, como na própria qualidade.

Pior ainda, no caso, é verificar que nada de tão importante está sendo produzido ou apresentado pelas concorrentes mais diretas para determinar tamanha modificação nos resultados e na própria maneira da Globo se comportar.

O apelo ao antigo, cada vez mais recorrente, é a revelação pura de um problema maior com necessidade de ser enfrentado.  

E, vamos combinar que para todos os fins, efeitos e reprises, o Viva já nos basta como suficiente.

Val Marchiori - Manuela Scarpa/Brasil News - Manuela Scarpa/Brasil News
Val Marchiori, cada Carnaval, um novo problema
Imagem: Manuela Scarpa/Brasil News

Coerência

A presença de Val Marchiori em todos os carnavais da Rede TV!, com toda confusão ou processos que ela sempre provoca, vai muito ao encontro do que pensa o vice  da emissora Marcelo de Carvalho:

"Mais vale a espuma que uma onda."

Preguiça 

Aos que reclamam desta coluna algum comentário sobre as transmissões do Carnaval que passou, basta recorrer ao que foi escrito no ano passado, no retrasado...

Alguém, por acaso, viu alguma coisa de novo?

Pior que antes

Se nos desfiles das escolas de samba a indolência nas transmissões continua sendo a mesma, sem rigorosamente nada se alterar ou ser inovado de um ano para o outro, a cobertura da Bahia é de uma pobreza absoluta.

Apresentadores sem nada o que dizer, camarotes vazios e sem conseguir passar ao telespectador a alegria dos foliões. 

É uma ideia

Nada definitivo ainda, mas como respiro aos programas esportivos levados ao ar na hora do almoço, a direção da Band pensa em colocar um jornal no meio deles.

Pode ser até aquele novo, que se imagina para o Luiz Megale.

Sem folga

O elenco de "Jezabel", novela da Record, não parou de trabalhar durante todo o período de Carnaval.

As gravações prosseguiram normalmente nos estúdios de Paulínia.

Otávio Mesquita - Reprodução/Instagram/otaviomesquita - Reprodução/Instagram/otaviomesquita
Casa do Otávio Mesquita foi invadida pelas chuvas de sábado
Imagem: Reprodução/Instagram/otaviomesquita

Desastre

As fortes chuvas do último sábado, em São Paulo, causaram um estrago enorme na casa do apresentador Otávio Mesquita, no bairro do Morumbi.

Todo pavimento térreo foi invadido e destruído pela violência das águas. Um prejuízo enorme.

Esquecidos

As escolas de samba, Rio e São Paulo, continuam homenageando os mais diversos tipos de gente, entre os tantos, traficantes, bicheiros e contraventores variados.

Nenhuma, no entanto, conseguiu se lembrar dos bombeiros. Os que, por exemplo, trabalharam em Mariana ou que até agora ainda estão na lama em Brumadinho.

Vale tudo

Desespero pela audiência: ontem, no "Primeiro Impacto" - horário do Marcão, o SBT ficou das 9h20 até 9h46, meio da manhã, com a imagem de um homem no ar tentando se matar.

Foram 26 minutos, sem interrupção e com a maior naturalidade. Loucura é pouco.   

Emanuelle Araújo - Paulo Belote/ TV Globo - Paulo Belote/ TV Globo
Emanuelle Araújo, do elenco de "Órfãos da Terra"
Imagem: Paulo Belote/ TV Globo

Vem aí 

A Globo disparou teaser da novela "Órfãos da Terra", nova das 18h, com estreia confirmada para 2 de abril. 

Na história sobre refugiados sírios que buscam uma nova vida no Brasil, Emanuelle Araújo viverá Zuleika Nasser, filha dos personagens de Paulo Betti e Eliane Giardini. 

Saudosismo

Flávio Cavalcanti Jr., Flávinho, filho do saudoso Flávio Cavalcanti, postou ontem nas redes sociais: "Saudades do Carnaval do Itamar".

Não é que é mesmo?

Bate - Rebate

*    Glória Maria é a convidada do "Lady Night", nesta quinta, na Globo.
*    Como senador, deveria partir do Romário o bom exemplo...
*    ... Mas ele e todos os que o acompanhavam furaram a fila, sem qualquer cerimônia, num dos camarotes da Sapucaí. Carteirou legal.
*     Encerrada a "novela" do "SP no Ar", com a contratação de André Azeredo, ex-Globo, a Record agora volta suas atenções para outros produtos do Jornalismo...
*    ... Casos do "Fala Brasil" e "Jornal da Record"...
*    ... Bruno Peruka, afastado da apresentação do jornal, deve voltar para a reportagem ou continuar no "Balanço Geral Manhã".
*    Apoio não está faltando na Band para o lançamento do novo programa das manhãs, apresentação da Silvia Poppovic e (possivelmente) Luís Ernesto Lacombe...
*    ... Todos, dos mais diferentes setores, se empenharam na gravação do piloto... 
*    ... O diretor Vildomar Batista não tem do que se queixar...
*    ... Aliás, Vildomar, o seu negócio é fazer um bom programa, e o nosso, do lado de cá, o de dar as notícias. Simples assim. 
*    ... Sem bronca e sem crítica. Só um presta atenção.
*    O "Papo em Dia", programa de Luciano Faccioli na Rede Brasil de Televisão, completou terça-feira um ano no ar. 

*Colaborou José Carlos Nery
 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Flávio Ricco