PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Flávio Ricco

Record tem na combinação novela-igreja um objetivo a ser alcançado

Divulgação
Imagem: Divulgação
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

11/03/2019 00h06

Sempre foi desejo da Record, principalmente a partir da aquisição dos Estúdios Renato Aragão, no Rio, em 2005, se posicionar como uma nova gigante da teledramaturgia no País e em condições de, no mínimo, fazer frente à TV Globo. 

Esforços e investimentos nunca faltaram, mas só em alguns poucos casos, como em "Os Dez Mandamentos", os resultados realmente valeram a pena. 

Desde o início, a falta de uma melhor organização ou certeza no momento de tomar decisões joga contra a conquista de números mais razoáveis.

O projeto da bíblica "Gênesis", por exemplo, anunciado e colocado na fila de exibições, ficou um ano nas mãos do autor Gustavo Reiz até alguém entender que nenhuma das três sinopses apresentadas acomodava os também imprescindíveis conceitos doutrinários. 

Além do autor principal, uma pesquisadora e quatro experientes colaboradores foram devidamente defenestrados. 

Complicado trabalhar desse jeito.

Mais que buscar a atenção do público, parece que existe um objetivo religioso a ser alcançado, combinação desafiadora para qualquer profissional do mercado.

A Record, a continuar a agir assim, precisará formar os seus próprios autores, provavelmente transformando os templos da IURD também em bancos escolares para roteiristas.

Me explica

O religioso R.R. Soares compra espaços diários, além de outros, na faixa nobre da Band e Rede TV!. E não deve pagar pouco por eles.

Os dois praticamente no mesmo horário, quase uma transmissão em rede, mas que somados raramente passam de meio ponto de audiência. Alguém consegue me explicar essa matemática?

Lucilene Caetano - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Lucilene Caetano, apresentadora do BandSports
Imagem: Arquivo pessoal

Estreia

"Sala do Esporte" é o novo jornal que o canal BandSports passa a levar ao ar a partir desta segunda, das 23h30 à 0h30, substituindo o antigo "BandSports News".

Apresentação de Lucilene Caetano, com as participações de Celso Miranda e Bernardo Ramos.

Sem previsão

A direção da Band não trabalha com nenhuma certeza de data para o lançamento da nova programação das manhãs.

Está tudo em estudos ainda, muito mais na espera da viabilidade comercial de cada um. Por aí se entenda, o jornal do Joel Datena e o "Aqui na Band", com Silvia Poppovic.

Situação diferente

Certeza mesmo, na Band, é a estreia de "O Aprendiz", do Roberto Justus, na segunda que vem, faixa das 22 horas.

Um programa que vai chegar com a sua parte comercial muito bem apoiada.

Palco
 
O "The Noite", do Danilo Gentili, já tem gravação marcada para abril, com Fafy Siqueira para, entre outras coisas, divulgar o espetáculo musical "Dó Ré Mi Fafy".

Ainda dos palcos e sob encomenda para ela, Miguel Falabella e Artur Xexéo estão escrevendo uma peça sobre a vida de Dercy Gonçalves.  

Dia da volta

Silvio Santos esticou as suas férias em mais alguns dias e só deve retornar ao Brasil na próxima sexta-feira.

A produção do seu programa, sobre o reinício das gravações, trabalha com a possibilidade de ser no dia 19, terça da outra semana. Mas ainda sem confirmação.

Rita Lobo - Reprodução - Reprodução
Rita Lobo vai estrear nova temporada do “Cozinha Prática”,
Imagem: Reprodução

Mais uma
 
Nesta segunda-feira, às 21h, começa a nova temporada do "Cozinha Prática", no GNT, com Rita Lobo e exibição diária, reservando a edição das quintas-feiras para receber convidados especiais.

Tadeu Schmidt, Tiago Abravanel, Duda Nagle e Luiz Lobianco, já gravados, serão alguns deles.
 
Encontra

O Arte 1, do Grupo Band, vai estrear dia 4 de abril, às 23h30, o programa "Encontra", com Gisele Kato. Na proposta, a apresentadora visita personalidades artísticas para conversas bem informais.

A cineasta Laís Bodanzky, o dramaturgo Newton Moreno, a cantora Letrux, a artista Vânia Mignone, o cantor Tom Zé, a fotógrafa Cláudia Jaguaribe e o artista visual Rodolpho Parigi estão entre os focalizados.

Roda Viva 

O "Roda Viva", da TV Cultura, nesta segunda-feira, a partir das 22h, terá em sua bancada Samira Bueno, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública; Monica Benício, ativista e viúva de Marielle Franco; Michele dos Ramos, do Instituto Igarapé; Lígia Ferreira, da Universidade Federal de São Paulo; Dona Jacira, líder comunitária e mãe de Emicida; e Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico de São Paulo.

Em debate, o aumento dos casos de violência contra a mulher.

Órfãos da Justiça

Na próxima quinta-feira, 14 de março, se completa um ano das mortes de Marielle Franco e Anderson Gomes.

Ainda sem solução. 

Bate - Rebate
 
*       Não andou a ideia de um talk show com José Luiz Datena, na Band, noites de domingo.
*       A série sobre gastronomia "À Brasileira", produção da Medialand, é a estreia desta segunda, às 18h, no TLC.
*       Já o Shoptime, também nesta segunda, às 20h30, promove a estreia de "Me Salva, Shoptime!", sobre mudanças de visual e autoestima...
*       ... A apresentação é da atriz Renata Pitanga. 
*       Ratinho volta com programa ao vivo, terça-feira, no SBT e vai colocar artistas no quadro "Brincadeira do Bexigão".
*       Se a recente visita do Luís Ernesto Lacombe tem alguma relação com isso só o tempo dirá...
*       ... Mas o fato é que o "Esporte Fantástico" também está sendo observado pelo novo comando do Jornalismo da Record...
*       ... Existe a necessidade de dar um novo gás ao programa dos sábados...
*       ... Aliás, coubesse a mim, já mudaria o título, assim como encontraria outro para o "Domingo Espetacular"...
*       ... Nada que, de alguma maneira, lembrasse a Globo. Essa intenção, que existiu no começo sabe-se lá com que objetivo, nunca teve muito a ver.
 *Colaborou José Carlos Nery

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Flávio Ricco