Topo

Coluna

Flávio Ricco


DAZN assusta mercado por "agressividade" em disputa de direitos esportivos

Neymar é embaixador da DAZN Imagem: DAZN Brasil
Flávio Ricco

Colunista do UOL*

01/07/2019 00h05

Chama atenção, muito mais entre as emissoras de TV, a "agressividade" com a qual a DAZN, plataforma de streaming de esportes ao vivo e sob demanda, entra na
disputa dos principais direitos esportivos.

Entra para nunca perder e está levando a maioria do que vai sendo disponibilizado. Até o NBB, Novo Basquete Brasil, já está praticamente em suas mãos.

A proposta do serviço, e isso parece bem claro, é colocar sob seu guarda-chuva o maior número de competições esportivas, tanto nacionais quanto internacionais. Custe o que custar.

Um carro na ladeira sem freios, segundo alguns executivos da TV.

A DAZN, além do Brasil, marca presença na Espanha, Estados Unidos, Canadá, Itália, Japão, Áustria, Suíça e Alemanha e já é chamada por muitos como a
Netflix dos esportes. Como outro detalhe dessa força, a exemplo de Cristiano Ronaldo, Neymar também é embaixador global da empresa de streaming.

*Colaborou José Carlos Nery

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

DAZN assusta mercado por "agressividade" em disputa de direitos esportivos - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Newsletters Vê TV

Mauricio Stycer traz análises exclusivas sobre TV e Famosos.

Flávio Ricco