Topo

Coluna

Flávio Ricco


Adriana Araújo e Celso Freitas são intocáveis na bancada do JR

Celso Freitas e Adriana Araújo, titulares do "Jornal da Record" - Antonio Chahestian/Record
Celso Freitas e Adriana Araújo, titulares do "Jornal da Record" Imagem: Antonio Chahestian/Record
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

06/09/2019 00h05

Na manhã de ontem, em São Paulo, a Record reuniu a imprensa para falar sobre as novidades do seu jornalismo, em especial, a respeito do "Jornal da Record", que apresenta novo cenário na próxima segunda-feira, além das estreias dos boletins que serão comandados por Janine Borba e Sérgio Aguiar.

Antonio Guerreiro, número 1 do Jornalismo, conversou com a coluna e avisou que está muito satisfeito com o trabalho dos âncoras Adriana Araújo e Celso Freitas. É a sua dupla de ataque, junta há 13 anos na bancada.

O fato é que desde sua chegada ao setor, Guerreiro nunca cogitou uma troca na apresentação do principal informativo da emissora.

Pode se considerar que os profissionais são intocáveis.

Ainda no evento de ontem, Adriana se mostrou muito empolgada com a nova fase do "JR" e o Celso, não foi diferente. Ambos não economizaram elogios ao sucessor de Douglas Tavolaro, hoje na CNN Brasil, pela postura junto aos profissionais da casa. Há muito diálogo.

Guerreiro informou que, após disparar o novo "Jornal da Record", passará a dar atenção aos demais produtos, casos do "Fala Brasil", "Balanço" e "Cidade Alerta". Todos sofrerão mudanças visuais e de conteúdo.

*Colaborou José Carlos Nery

Flávio Ricco