Topo

Coluna

Flávio Ricco


Globo trabalha há quase um ano em furacão para nova novela das sete

Vitória Strada é uma das protagonistas de "Salve-se Quem Puder" - Marcello Sá Barretto e Marcos Ferreira/Brazil News
Vitória Strada é uma das protagonistas de "Salve-se Quem Puder" Imagem: Marcello Sá Barretto e Marcos Ferreira/Brazil News
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL

26/11/2019 00h05

Resumo da notícia

  • Quase 60 profissionais trabalham na produção da sequência
  • Fenômeno vai "arrasar" Cancún nos primeiros capítulos
  • Globo escaneou área de 154 hectares no México para cenas da novela

Em "Salve-se Quem Puder", a próxima novela das sete, como destacado por aqui, um furacão vai dar sinal de vida logo nos primeiros capítulos e mexer com a trajetória das personagens de Deborah Secco, Vitória Strada, Juliana Paiva, entre outros.

Se na história o "fenômeno climático" durará exatos 5 capítulos, o detalhe é que tem uma equipe da Globo trabalhando em sua produção há quase um ano, movimentado cerca de 60 profissionais.

Com a utilização da fotogrametria aérea, o pessoal de efeitos visuais escaneou uma área de 154 hectares em Cancún, no México, local da trama.

No total, 10 mil imagens foram registradas durante quatro dias para a reprodução da cidade em 3D nos Estúdios Globo.

A gravação de parte da passagem do furacão foi realizada durante cinco dias, em uma área de 450m², na Zona Oeste do Rio de Janeiro, incluindo uma piscina de ondas artificiais e outros sets com restaurante, posto de gasolina e ruas, que foram construídos e modificados pós furacão.

A execução das cenas contou também com efeitos especiais conhecidos como "efeitos físicos", para a realização de ventania, chuva, explosão e inundação das ruas da cidade.

*Colaborou José Carlos Nery

Flávio Ricco