PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Flávio Ricco

"Lady Night", da Tatá, já tem data para voltar na Globo

Tatá Werneck, no "Lady Night", que terá mais uma temporada apresentada na Globo  - Tatá Werneck no Lady Night (Divulgação/Multishow)
Tatá Werneck, no "Lady Night", que terá mais uma temporada apresentada na Globo Imagem: Tatá Werneck no Lady Night (Divulgação/Multishow)
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

11/12/2019 00h05

Resumo da notícia

  • "Lady Night" volta na Globo em janeiro
  • Globo que terá um começo de ano cheio de novidades
  • A série "Madiba", sobre Nelson Mandela, será uma das atrações

A ideia de apresentar, nas noites de quinta-feira, episódios do "Lady Night", talk show da Tatá Werneck exibido originalmente no "Multishow", foi uma grande sacada da programação da Globo.

Correspondeu à expectativa, em audiência e repercussão nas redes sociais.

E ela vem que vem de novo.

"Lady Night" tem seu retorno assegurado à televisão aberta no dia 23 de janeiro.

Aliás, o começo de ano da Globo também terá outras estreias importantes, comprovando que foi-se o tempo em que os bons lançamentos sempre ficavam para fins de março, início de abril.

No dia 5, estreia mais uma temporada do "The Voice Kids". E, depois, "Auto da Compadecida" (7), "Madiba" (7), "Chacrinha" (14), além de "BBB" e "Fora de Hora", humorístico (21).

Sobre "Madiba", a produção narra a história de Nelson Mandela, quando foi preso, julgado e condenado no início da década de 1960. São seis episódios. Laurence Fishburne faz o papel principal.

A série é baseada nos livros autobiográficos "Conversations with Myself" e "Nelson Mandela By Himself", com direção de Kevin Hoods.

*Colaborou José Carlos Nery

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Flávio Ricco