PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Salve-se Quem Puder vai estrear com enorme responsabilidade pela frente

Flávia Alessandra, Helena, em "Salve-se Quem Puder" - Divulgação/TV Globo
Flávia Alessandra, Helena, em "Salve-se Quem Puder" Imagem: Divulgação/TV Globo
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

02/01/2020 00h06

"Amor de Mãe", da Manuela Dias, iniciou sua exibição no final de novembro, um período do ano historicamente difícil para o começo de qualquer novela. Os preparativos e as próprias comemorações do final de ano alteram os resultados de audiência.

Há sempre, e com influências também na Globo, uma queda importante no número de aparelhos ligados. E não bastasse isso, "A Dona do Pedaço", que a antecedeu, embora criticada por muito daquilo que apresentou, alcançou aceitação até surpreendente por parte do público.

Agora, ainda a partir deste mês de janeiro, uma situação semelhante irá se repetir na faixa das 19h, mas com agravantes.

"Salve-se quem Puder" tomará o lugar de "Bom Sucesso", já muito próxima da linha de chegada. Não bastasse só a responsabilidade de manter os bons resultados do horário, ao autor Daniel Ortiz, em esta sua nova missão, caberá ainda a responsabilidade de apresentar, como qualidade e reconhecimento da maioria, um trabalho na altura da sua antecessora.

Será um grande desafio.

Glória Pires é Lola em "Éramos Seis" - Reprodução
Glória Pires é Lola em "Éramos Seis"
Imagem: Reprodução

Nivelando por cima

Todo aquele com mais quilômetros rodados, os que tiveram oportunidade de assistir as antigas versões de "Éramos Seis", Tupi e SBT, e agora acompanha a da Globo, com toda certeza já observou.

Nicette Bruno, Irene Ravache e Glória Pires colocaram assinaturas próprias na personagem Lola. E com interpretações no mais alto nível.

Participação

A direção do SBT, pensando no sentido de rede, pretende promover uma participação ainda maior de suas emissoras no conjunto da programação.

Por exemplo: o projeto "Paixões Brasileiras, prestes a sair do papel, irá envolver 15 diferentes praças.

É a diferença

Enquanto o SBT tem trabalhado na unificação e participação cada vez maior de todas as suas emissoras, próprias e afiliadas, a Record ainda não dispensa ao assunto merecida atenção.

Não por acaso as tantas reclamações que existem.

Consequência

Movimentos como os da Globo, no "Jornal Nacional", valendo-se dos apresentadores de outras praças, como este de agora do SBT são imprescindíveis para o trabalho de conjunto e harmonia de rede.

Não contar mais com a TV A Crítica, em Manaus, para a Record, foi uma consequência.

Assim como

A presença do jornalismo será ainda mais intensa na programação da Globo ao longo deste ano.

Além de um novo projeto para as manhãs de sábado, também existem estudos com relação aos domingos. Talvez alguma coisa de "plantão" ou algo na linha.

A apresentadora Jéssica Senra - Jéssica Senra (FOTO: Divulgação/Globo)
A apresentadora Jéssica Senra
Imagem: Jéssica Senra (FOTO: Divulgação/Globo)

Outros nomes

Além dos já escolhidos, Márcio Bonfim, Jéssica Senra e Aline Aguiar, que já têm presenças asseguradas no "Jornal Nacional", outros irão se juntar a eles.

Nomes que serão anunciados na medida do necessário.

Desafios

Jornalismo da Band começa o ano com metas bem definidas. Uma, colocar no ar o novo "Jornal da Noite". Projeto pronto há algum tempo, que agora terá deve encabeçar a ordem das prioridades.

E, outra, o lançamento de um outro informativo na faixa das 3h da manhã. Os trabalhos serão acelerados a partir de agora.

Mel Lisboa é Thereza em "Coisa Mais Linda" - Aline Arruda/Netflix
Mel Lisboa é Thereza em "Coisa Mais Linda"
Imagem: Aline Arruda/Netflix

Agora vai

Finalmente, depois de vários ameaços, deve sair a segunda temporada de "Coisa Mais Linda", dos mesmos criadores Giuliano Cedroni e Heather Roth.

A sua disponibilização no Netflix está prevista para ainda este ano. No elenco, entre outros Maria Casadevall e Mel Lisboa.

Bate - Rebate

* O SBT, no ano que passou, manteve a audiência das 24h na casa dos 5 pontos...

* ... A sua direção tem como desafio chegar aos 6 nesta nova temporada...

* ... E, com algumas estreias e planos da sua programação, se desgarrar da Record.

* A exibição de "O Figurante" animou setores da Record...

* ... Há a perspectiva de se investir mais em trabalhos do tipo...

* ... Talvez até em formatos de série.

* Na Band, certeza, não se trabalha com a possibilidade de ter o "Encrenca" na sua programação...

* ... Mas há ainda quem se anime com a ideia de um dia voltar com o "CQC"...

* ... Algo que, na prática, beira ao impossível.

*Colaborou José Carlos Nery

Flávio Ricco