PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Contratado da CNN, Evaristo Costa está liberado para fazer publicidade

Evaristo Costa é uma das contratações mais importantes da CNN Brasil - Reprodução/Twitter/evaristocosta
Evaristo Costa é uma das contratações mais importantes da CNN Brasil Imagem: Reprodução/Twitter/evaristocosta
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

25/01/2020 00h05

Resumo da notícia

  • Contrato do jornalista não impõe restrições a trabalhos publicitários
  • Jornalismo da Globo tem regras estabelecidas a respeito
  • Evaristo apresentará CNN Séries Originais a partir de março

Ao contrário do que acontecia nos seus tempos de TV Globo, Evaristo Costa poderá continuar com campanhas comerciais e vincular sua imagem a outros trabalhos. No contrato com a CNN Brasil não há nada que impeça o jornalista de fazer publicidade.

Esse tema - jornalista e publicidade - movimenta os bastidores do Grupo Globo há tempos, e aqueles que tentam burlar as regras estabelecidas são severamente punidos.

Antes, até o pessoal do Esporte era obrigado a seguir o manual. Mas, hoje, em comum acordo com a emissora, surgiram brechas. Oportunidades. São os novos tempos.

Voltando a Evaristo Costa, que passou a faturar alto com publicidade após deixar o telejornal "Hoje" e a Globo, sua vidinha no novo canal de notícias está bem ajustada.

Como antecipado neste espaço, "CNN Séries Originais" é o título definido do programa que ele irá apresentar nas noites de domingo. A cada edição serão exibidos três documentários exclusivos, produções próprias ou terceirizadas, nacionais ou estrangeiras.

Será o retorno do jornalista ao vídeo após sua saída da TV Globo, em 27 de julho de 2017. A CNN Brasil deve iniciar as suas operações na primeira quinzena de março.

*Colaborou José Carlos Nery

Flávio Ricco