PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Flávio Ricco

CBF tem proposta na mesa: 'Brasileirão' sem torcida e todos os jogos em SP

Fernando Moreno/AGIF
Imagem: Fernando Moreno/AGIF
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

14/04/2020 00h05

Tem uma proposta na mesa da CBF, com a aprovação da grande maioria dos clubes, que poderá tornar possível o início do campeonato brasileiro deste ano ainda durante o confinamento.

O Flamengo é o único que ainda não concordou.

A ideia é fazer a bola rolar já a partir de maio, mas com todos os jogos em São Paulo, sem viagens aéreas ou presença de público.

Entre os estádios escolhidos, Morumbi, Allianz Parque, Arena Corinthians, Vila Belmiro, Barueri, Brinco de Ouro e Bragança Paulista. Os hotéis e centros de treinamento também serão disponibilizados aos clubes.

Os 20 clubes mesmo, divididos em dois grupos de dez, classificando-se quatro de cada um. E aí entra a fase do mata-mata.

A Globo, neste modelo apresentado, continuará exibindo os jogos das quartas-feiras e domingo.

SporTV ou pay-per-view, às terças, quintas, sextas e sábados.

Procuradas, as partes diretamente envolvidas não se manifestaram.

Porém, o presidente do Inter RS, Marcelo Medeiros, em entrevista nesta quarta-feira (15) ao programa "Os Donos da Bola", na Band gaúcha, falou que é contra essa proposta. Chamou a ideia de absurda. Outros, como o do Bahia, disse em entrevistas algo parecido.

*Colaborou José Carlos Nery

Flávio Ricco