PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Flávio Ricco

Vladimir Brichta confirma Covid em 'Amor de Mãe' e fala sobre Migliaccio

Vladimir Brichta com trabalhos na televisão e no cinema - Victor Pollak/TV Globo
Vladimir Brichta com trabalhos na televisão e no cinema Imagem: Victor Pollak/TV Globo
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

08/05/2020 00h05

Resumo da notícia

  • Em entrevista ao Canal Brasil que vai ao ar terça-feira, às 23h30, ator diz que temática da Covid-19 estará na novela "Amor de Mãe"
  • Bricha comenta próximos trabalhos no cinema: "Alemão 2" e "Capitu E o Capítulo"
  • E fala da experiência de ter trabalhado com Flávio Migliaccio

Vladimir Brichta, o ambientalista Davi em "Amor de Mãe", afirma que a temática da Covid-19 será mesmo abordada na novela escrita por Manuela Dias, quando as gravações forem retomadas.

Vladimir Brichta e Simone Zuccolotto - Canal Brasil - Canal Brasil
Vladimir Brichta e Simone Zuccolotto
Imagem: Canal Brasil

O ator cravou em entrevista ao programa "Cinejornal", apresentado por Simone Zuccolotto, que o Canal Brasil exibe terça-feira que vem, a partir das 23h30.

"A temática da Covid-19 vai aparecer na segunda temporada e meu personagem vai debater sobre isso que tá acontecendo. É uma novela contemporânea, né ?!", declara Brichta.

O marido de Adriana Esteves falou também sobre o trabalho em "Alemão - Parte 2", filme inédito dirigido por José Eduardo Belmonte.

"Num primeiro momento a gente mostra como estão as Ocupações hoje em dia, agora. Um projeto que faliu, né ? Era um projeto político e foi abandonado, assim como toda a população das favelas. Num segundo momento, a gente quer discutir a segurança pública. Esse assunto não está esgotado. É uma forma de a gente falar que polícia a gente quer. A gente quer uma polícia mais humanista e menos assassina."

Já em relação a "Capitu E O Capítulo", longa também inédito, de Julio Bressane:

"Fiquei maravilhado com o convite. Eu faço o Bentinho, mas que não é o Dom Casmurro. É o olhar do Bressane...Eu fiquei muito empolgado. Fiz com muita paixão. O Bressane dirige com muita paixão"

Em relação à quarentena:

"A gente reaprendeu a dinâmica de dentro de casa. Eu coloquei um foco e a gente tem uma rotina em casa. Tem a hora de estudar, tem a hora de ocupar o tempo com as crianças, com a Adriana (Esteves), minha esposa, e assim fica mais fácil entender tudo isso."

Brichta também dedicou uma parte da entrevista a Flávio Migliaccio, que nos deixou nesta semana. Eles trabalharam cinco anos na série "Tapas & Beijos":

"Eu trabalhei com ele, uma profunda admiração. Têm atores que trabalham pra terminar logo a cena, ele queria ganhar a cena. Com 80 anos ele ganhava a cena".

*Colaborou José Carlos Nery

Flávio Ricco