PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Flávio Ricco

Leo Dias e Lívia Andrade lançam programa multiplataforma

Leo Dias e Lívia Andrade, der novo, juntos - Arquivo pessoal
Leo Dias e Lívia Andrade, der novo, juntos Imagem: Arquivo pessoal
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

11/05/2020 00h05

Resumo da notícia

  • Leo Dias e Lívia Andrade, depois do "Fofocalizando", voltarão a trabalhar juntos em projeto multiplataforma
  • Atração sobre mundo dos famosos vai unir internet, rádio e televisão
  • Programa será ao vivo e transmitido durante a madrugada

O projeto inicial era simplesmente estrear um canal no YouTube, mas diante das muitas possibilidades que se oferecem, Leo Dias decidiu unir diferentes plataformas para a exibição de um programa nas madrugadas.

Na parte de rádio, o acerto com FMODIA, que tem emissoras no Rio, Manaus e Belém, está consumado.

E são muito boas também as possibilidades de um acordo com a Rede Jovem Pan. Tutinha, o dono, já demonstrou interesse. Juntas, as duas têm condições de alcançar mais de 20 milhões de pessoas.

O programa, que promete ser uma crítica social e análise da vida dos famosos, além das rádios, também será transmitido pelo YouTube e uma emissora de TV aberta, ainda em fase de negociação.

Outra novidade do projeto será a participação de Lívia Andrade. A antiga dupla do "Fofocalizando", voltará a se formar agora, cada um trabalhando de sua casa.

Não por acaso o título, "Leo e Lívia ao vivo".

Por trás deste projeto está João Mendes, que carrega longa experiência nas redes. Ele, entre outras atividades, lançou e gerenciou a carreira de Whindersson Nunes e Carlinhos Maia.

A data de lançamento, ainda em análise, será anunciada no decorrer dos próximos dias.

*Colaborou José Carlos Nery

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Flávio Ricco