PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Sandra Annenberg fala da ausência do jornalismo diário: 'me acostumando'

Sandra Annenberg agora na apresentação do "Globo Repórter"  - Reprodução/TV Globo
Sandra Annenberg agora na apresentação do "Globo Repórter" Imagem: Reprodução/TV Globo
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

18/05/2020 00h05

Resumo da notícia

  • Fora do jornalismo diário após deixar o "Hoje", ela apresenta o "Globo Repórter"
  • "Ainda estou me acostumando a não estar na frente de batalha"
  • Apresentadora vê semanal como "oásis" em meio à pandemia

Uma boa parte do público ainda sente falta de Sandra Annenberg no jornalismo diário. E, no fundo, até ela mesma.

Afinal de contas, só no telejornal "Hoje", até ser substituída por Maria Julia Coutinho e transferida para o "Globo Repórter", foram 16 anos à frente.

Sandra conversou com a coluna sobre esse distanciamento, ainda mais em um momento tão difícil como o de agora, com toda a mídia empenhada na cobertura dos efeitos da pandemia do novo coronavírus.

"Este é um momento muito delicado para todo o mundo, literalmente, é uma situação sem precedentes. Eu vivi os últimos 29 anos trabalhando com notícias ao vivo e ainda estou me acostumando a não estar na frente de batalha, no jornalismo diário", declara Sandra.

A jornalista, porém, destaca os valores do programa que comanda, ao lado de Gloria Maria [afastada atualmente], durante este período de isolamento social:

"Mas, por outro lado, sei da importância do 'Globo Repórter' durante a pandemia, o programa é um oásis! Poder levar as pessoas pra viajar - sem sair de casa - por lugares lindos e proporcionar um respiro é fundamental para a saúde mental de todos. Nos faz acreditar que um dia tudo isso vai passar".

E também entende e aceita como naturais as mudanças que normalmente acontecem na vida de todo jornalista:

"Sempre estive e sempre estarei à disposição da casa para colaborar com qualquer programa em que eu seja necessária".

"Agradeço imensamente o carinho das pessoas que perguntaram por mim. É muito bom receber esse abraço virtual! Desejo a todos Saúde! E, por favor, se cuidem e, se possível, fiquem em casa! BV = Beijo Virtual!", conclui.

*Colaborou José Carlos Nery

Flávio Ricco