Coluna

Flávio Ricco

Música em homenagem ao Rio São Francisco será abertura de "Velho Chico"

Divulgação/TV Globo
Camila Pitanga, uma das protagonistas de "Velho Chico" Imagem: Divulgação/TV Globo
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

13/02/2016 07h00

Dentro da Som Livre, consta que a Globo está vias de fechar com Marcos Fernandes, para transformar a sua composição, "Rio São Francisco", em tema de abertura da novela "Velho Chico", de Benedito Ruy Barbosa.

Cogita-se, inclusive, utilizar a música na voz do próprio Marcos Fernandes.

Emissora e músico já acertaram praticamente todos os detalhes, restando apenas a assinatura de contrato e de outros documentos, algo programado para acontecer semana que vem, no Rio de Janeiro.

Veja a letra da música:

O choro da terra
Formou um rio de lágrimas
E na sua corrente
Por onde ela passa
Enriquece a gente
Querem mudar sua história
Eu não sei qual a razão
São Francisco é patrimônio
De milhões de sertanejos
Que vivem nesse sertão

Meu Rio São Francisco
Cantado em tantas canções
Falado em muitas poesias
Banhando todo sertão.

Mudar o rumo do chico
É mexer com a natureza
É mudar uma história
De riqueza e de glória
E tanta beleza
Que me corta o coração
De ver o fim de uma história
De várias gerações.

Meu Rio São Francisco

*Colaborou José Carlos Nery

Leia a coluna na íntegra

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo