Coluna

Flávio Ricco

"The Walking Dead" só perdeu para Globo na estreia da 7ª temporada

Divulgação/AMC
Negan (Jeffrey Dean Morgan) faz uni-duni-tê para escolher suas vítimas em cena da sétima temporada de "The Walking Dead" Imagem: Divulgação/AMC
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

26/10/2016 07h00

A aguardada exibição do primeiro episódio da sétima temporada da série “The Walking Dead”, no domingo (23), registrou média de 3,25 pontos em sua faixa horária, das 23h30 à 0h30.

Dados que deixaram o canal Fox em segundo lugar no ranking de canais de TV paga e TV aberta - perdeu apenas para a Globo. A fonte é o Kantar Ibope 15 mercados, classes ABC, 18 a 34 anos.

“TWD”, após seis meses de espera, voltou ao ar, em exibição pelo AMC nos Estados Unidos e simultaneamente no Brasil pela Fox apostando em um novo vilão, Negan, Jeffrey Dean Morgan, que trucidou dois personagens do programa: Glenn (Steven Yeun) e Abraham (Michael Cudlitz).

Esta temporada terá um total de 16 episódios.

*Colaborou José Carlos Nery

Leia a coluna na íntegra

Fãs se desesperam com mortes de "Walking Dead"; confira reações

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo