Coluna

Flávio Ricco

Depois de Vin Diesel é a vez de Tom Cavalcante ter Neymar no seu filme

Divulgação
Neymar no cartaz do filme "XxX Reativado", de Vin Diesel Imagem: Divulgação
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL

22/06/2017 07h00

Em férias do Barcelona e como sua segunda experiência na tela, Neymar atendeu chamado de Tom Cavalcante e vai fazer uma participação especial no filme “Os Parças”, que já está em avançado estágio de produção em São Paulo.

Os “parças” do título serão vividos pelo próprio Tom, Bruno de Luca, Tirulipa e Whinderson Nunes, os donos de uma agência de casamentos. Neymar, como se recorda, também apareceu em “Triplo X: Reativado”, do Vin Diesel.

Ainda a propósito do craque brasileiro, acontece nesta quinta-feira (22), no hotel Unique, em São Paulo, o primeiro leilão beneficente em prol do seu instituto. Comandado por Luciano Huck e Claudia Leitte, serão leiloados no evento objetos e experiências únicas por diversas personalidades como Michael Jordan, Roberto Carlos, Paolla Oliveira, Sabrina Satto e Fernanda Souza, dentre outras.

A noite será embalada por um pocket show de Tom Cavalcante e pela música de Claudia Leitte, com todos os ingressos esgotados. A instituição de Neymar, na Praia Grande, atende mais de 2.400 crianças.

*Colaboração de José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo