Topo

Coluna

Flávio Ricco


O Sétimo Guardião já tinha capítulo reservado para a entrada de José Mayer

Aguinaldo Silva já tinha papel reservado para José Mayer em "O Sétimo Guardião" - João Cotta/TV Globo
Aguinaldo Silva já tinha papel reservado para José Mayer em "O Sétimo Guardião" Imagem: João Cotta/TV Globo
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

17/01/2019 00h05

Na noite de terça-feira, quando a Globo soltou comunicado anunciando o fim da parceria com José Mayer, ainda houve uma tentativa de Aguinaldo Silva em levar o ator para "O Sétimo Guardião". 

Se a alta direção da casa permitisse, Mayer entraria no capítulo 107 e iria até o encerramento da novela, vivendo um personagem especialmente para ele.

Só que não.

"Depois de mais de 35 anos de uma trajetória iniciada na novela 'Guerra dos Sexos', em 1983, com participação em mais de 40 obras, entre novelas, séries, minisséries e especiais, a Globo e o ator José Mayer informam o fim da parceria, de comum acordo, no final de 2018", declarou a TV.

Procurado pelo UOL, o ator não quis comentar a decisão da Globo: "No momento, prefiro manter o silêncio"

Não se sabe também se houve algum tipo de acordo nessa ruptura, que possa impedir sua ida para outra emissora, por determinado período, como o observado com William Waack. 

*Colaborou José Carlos Nery