PUBLICIDADE
Topo

Podcast

UOL Vê TV

Nossos colunistas apresentam uma divertida mesa redonda semanal com os destaques da TV brasileira


UOL Vê TV #44: Nos 70 anos da TV brasileira, Record e SBT forçam Globo a mudar

Mais UOL Vê TV
1 | 25
Siga o UOL no

Colaboração para Splash, em São Paulo

16/09/2020 04h00

Neste episódio do podcast UOL Vê TV, Chico Barney, Débora Miranda e Mauricio Stycer fazem um balanço sobre os 70 anos da televisão, que foi inaugurada no Brasil no dia 18 de setembro de 1950. As mudanças na grade da Globo, motivadas por novidades na programação da Record e do SBT, também são tratadas pelos apresentadores do programa.

Stycer ressalta uma agitação incomum na TV aberta: o enfrentamento entre Globo, SBT e Record. "Isso mostra uma vitalidade", diz o colunista do UOL. Para ele, o sucesso de "A Fazenda" surpreendeu a todos, com dois dígitos de audiência, e isso fez a Globo mudar a programação (assista no vídeo acima a partir de 00:43).

Outra novidade é a estreia do SBT exibindo futebol na noite de quarta-feira, ao mesmo tempo em que a Globo exibe jogos no mesmo horário. "O momento é de muita novidade e briga no bom sentido", resume.

Melhores e piores dos 70 anos da TV

Débora elege Xuxa como uma das melhores da TV nos seus 70 anos. "Escolhi pela memória afetiva, passei a vida querendo ser paquita. Ela teve uma passagem muito forte pela infância de quem viveu essa época", diz a editora de Splash. "Outro programa que foi muito marcante da primeira vez que foi ao ar é 'Anos Rebeldes'. Foi uma série importante para o Brasil e para a história da TV."

Barney concorda: "Xuxa e Renato Aragão são as figuras que melhor conseguiram mostrar o protagonismo da TV na sociedade brasileira. Os programas deles viraram filmes, teatro, parque, gibi... Criaram uma teia num tempo em que a gente não falava de multiplataforma. Isso mostra o peso da TV."

Você pode ouvir o programa UOL Vê TV no Spotify, no Apple Podcasts ou em outros aplicativos de podcasts. No Youtube, a gravação do programa também é transmitida em vídeo.