PUBLICIDADE
Topo

Senador erra ao citar Stênio Garcia para questionar eficácia da CoronaVac

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) usou o ator Stênio Garcia como exemplo - Reprodução / Instagram
O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) usou o ator Stênio Garcia como exemplo Imagem: Reprodução / Instagram

Do UOL, em São Paulo

27/05/2021 15h29Atualizada em 27/05/2021 16h21

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) errou ao usar como exemplo o ator Stênio Garcia para sugerir a ineficácia da vacina CoronaVac, desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, contra a covid-19.

Em fala que aconteceu durante a sessão de hoje da CPI da Covid, Girão citou que o ator foi diagnosticado pela doença causada pelo novo coronavírus mesmo após ter recebido a segunda dose do imunizante.

Presidente, só para complementar, porque a gente não pode considerar como eficácia essa questão do que aconteceu hoje. Inclusive, acabei de receber aqui. O próprio Stênio Garcia também, o ator Stênio Garcia, que recebeu as duas doses e, mesmo assim, foi infectado. Disse

O senador, porém, não apontou que Stênio Garcia foi infectado apenas quatro dias após ter tomado a segunda dose da vacina. Ou seja, o ator contraiu o vírus antes do tempo necessário para que o corpo produzisse uma reposta imunológica completa.

Vale ressaltar ainda que a vacina não evita a contaminação, mas, sim, a manifestação grave da doença. Ou seja, mesmo quem já foi vacinado pode ter covid-19, mas de forma branda.

Girão ainda citou o caso do sambista Nelson Sargento, que morreu hoje pela manhã aos 96 anos em decorrência da covid-19, mesmo com tendo tomado as duas doses.

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, esclareceu na CPI hoje que as vacinas contra o coronavírus, como a CoronaVac, não formam um "escudo contra a doença e nem contra a mortalidade", sendo necessário levar em conta os fatores individuais de cada paciente.

Nelson Sargento estava internado no INCA (Instituto Nacional do Câncer) desde o dia 20 com um quadro de desidratação, anorexia e "significativa queda do estado geral", segundo o boletim médico divulgado nas redes sociais.

Nas redes sociais, a fala de Eduardo Girão causou revolta. Confira algumas reações:

Relembre o caso

Stênio Garcia tomou as duas doses da CoronaVac em 9 de fevereiro e 9 de março, respectivamente.

O anúncio de que o ator estava com covid-19 foi feito pela mulher dele, Marilene Saade, em publicação no Instagram no dia 9 de abril. Ela informou que o artista não apresentou sintomas graves, e apenas passou a espirrar com maior frequência.

Marilene ainda compartilhou o progresso do quadro clínico do marido, que se manteve sem sintomas até se curar completamente.

Ela explicou que o ator provavelmente se contaminou no dia 13 de março, quando foi visitado por uma pessoa que estava contaminada e não sabia.

Imunizados! Os famosos que já receberam a vacina da covid-19