PUBLICIDADE
Topo

Podcast

UOL Vê TV

Nossos colunistas apresentam uma divertida mesa redonda semanal com os destaques da TV brasileira


UOL Vê TV #23: Com o histórico do Marcão do Povo, não adianta se desculpar

Mais UOL Vê TV
1 | 25
Siga o UOL no

Do UOL, em São Paulo

15/04/2020 04h00

O apresentador Marcão do Povo, que comanda o programa jornalístico Primeiro Impacto no SBT, foi afastado e virou motivo de revolta entre jornalistas dentro da própria emissora depois de sugerir que o presidente Jair Bolsonaro criasse um campo de concentração para infectados pelo novo coronavírus.

O podcast UOL Vê TV #23 explica o caso e o racha interno no jornalismo do SBT, lembrando que o histórico do apresentador tem outros episódios como o que causou sua demissão da Record, quando fez comentário sobre a cantora Ludmilla, que o processou por injúria racial.

"Eu acho que nesse momento, com o histórico que o Marcão do Povo já tem, ele pedir desculpas também não é um negócio que adianta. Porque não é uma coisa de 'sempre tive um tipo de comportamento e cometi um erro'. É um histórico que todo mundo já conhece, todo mundo já sabe e que, inclusive, pelo que a gente imagina, levou ele até esse posto que ele está ocupando hoje, então não dá, não é crível. Você não vê a pessoa se desculpando e fala 'poxa, é verdade, ele está arrependido porque ele falou que todos os doentes de corona teriam de ir para um campo de concentração'. Não, daqui a pouco vem outra", afirma Débora Miranda (disponível no vídeo acima a partir de 9:40).

Chico Barney não entende como se deu a contratação do apresentador e a forma como ele se manteve por tanto tempo no ar antes deste episódio do afastamento no SBT.

"A contratação do Marcão do Povo já foi muito bizarra. Basta a gente lembrar que ele foi demitido da Record por falas extremamente bizarras contra a cantora Ludmila, que depois virou um processo judicial. Então acho que a própria postura do SBT de contratar um cara desse e permanecer no ar tanto tempo já é um negócio surreal", afirma Chico Barney (no vídeo a partir de 6:20).

Mauricio Stycer opina que apresentadores como Marcão do Povo e Dudu Camargo em um programa jornalístico do SBT são reflexos de como Silvio Santos vê o jornalismo como assunto de menor importância.

"Tanto o Dudu quanto o Marcão não são escolhas do jornalismo, ambos vieram de cima, são coisas que passaram por cima do jornalismo, então, de certa forma, isso explica um pouco essa sensação que é uma coisa descolada do jornalismo, embora seja jornalismo", afirma Stycer (no vídeo a partir de 7:20).

"Tudo isso também tem muito a ver com a relação que o Silvio Santos tem com o jornalismo, que é uma relação de considerar isso uma coisa de menor importância mesmo", completa.

Para Flávio Ricco, o SBT deveria aproveitar o episódio para rever sua opção pelo programa jornalístico matinal da emissora.

"O SBT poderia pensar, usar esse momento de agora para refletir e saber que o momento de agora não está mais para esse tipo de jornalismo. Esse tipo de jornalismo que já tem em outras emissoras, que eu nem vou citar nomes porque eu não concordo com eles, já saiu de moda. Vamos fazer uma coisa séria, o coronavírus está aí sendo tão bem abordado pelo jornalismo na televisão no geral, por que o SBT não faz o mesmo? Aproveita e faz o mesmo", finaliza Ricco (no vídeo a partir de 4:21).

O episódio do UOL Vê TV também aborda os problemas do SBT com casos e uma morte pela covid-19 em sua redação do Rio de Janeiro, a volta do Encontro com Fátima, a expansão do BBB, as alternativas adotadas por programas humorísticos durante a quarentena pelo novo coronavírus, além da votação dos melhores e piores da semana.

O UOL Vê TV é uma mesa-redonda com os assuntos mais quentes da televisão na semana. É apresentada por Chico Barney, Flávio Ricco e Mauricio Stycer, colunistas do UOL, e por Débora Miranda, editora de TV e Famosos. Vai ao ar semanalmente e discute as produções televisivas, com análises e informações de bastidores.

Você pode ouvir o programa UOL Vê TV no Spotify, no Apple Podcasts ou em outros aplicativos de podcasts. No Youtube, a gravação do programa também é transmitida em vídeo. Podcasts são programas que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar —no computador, no smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Os podcasts do UOL estão todos disponíveis em uol.com.br/podcasts.