Topo

Com novo quarteto, Bial força a barra e três dão aula de deselegância

Mauricio Stycer

Crítico do UOL

22/01/2016 05h01Atualizada em 23/01/2016 18h47

Mais perdidos do que cachorro em dia de mudança, quatro novos participantes entraram no “BBB16” pelo segundo andar da casa. O ambiente é uma espécie de antecâmara do Paraíso – ou do Inferno, dependendo do seu ponto de vista. 

Eles sabem que está acontecendo um programa no andar de baixo, mas ainda precisam convencer o público a enviá-los para lá. Só dois vão atravessar a porta – um homem e uma mulher.

Geralda, Fernanda, William e Matheus: quem você acha que deve entrar no "BBB16"?

Resultado parcial

Total de 171996 votos
12,29%
20,91%
35,32%
31,48%
Total de 171996 votos

Valide seu voto

A novidade, no reality brasileiro, já foi testada em edições de outros países. É uma ideia interessante, mas que pode resultar entediante. Eles ficarão no local até domingo à noite. 
 
Pedro Bial procurou mostrar que Geralda, William, Fernanda e Matheus representam as mesmas quatro “gerações” que os outros 12 participantes. O apresentador forçou a barra ao bombardear os candidatos com perguntas enigmáticas, tentando mostrar que eles se enquadram nos tipos inventados na estreia. Mas eles claramente não entenderam nada.
 
Mal entraram, os quatro protagonizaram uma cena inusitada. Diante de um sofá com três lugares, justamente a mais velha foi deixada em pé, sem que os demais se dessem conta. Ela, então, foi buscar uma cadeira no fundo da sala. Falta de educação grave, que pode ajudar Geralda.
 
Ao defender a sua permanência, Matheus disse que sonha ganhar o “BBB” para poder ajudar a cidade de Barra Longa, que sofre as consequências da barragem que rompeu em Mariana. Foi uma apelação forte, que pode ter consequências na sua votação.