Coluna

Flávio Ricco

No ar a TV em cores no Brasil

Reprodução
Imagem: Reprodução
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

19/02/2018 00h06

O Brasil realizou a sua primeira transmissão oficial em cores num 19 de fevereiro, data hoje, 46 anos exatos. Na ocasião, como sempre e até hoje acontece, por absoluta conveniência política.

Embora existam outras versões, a mais considerada é que o ministro das Comunicações da época, ditadura plena, Hygino Corsetti, natural de Caxias do Sul, escolheu a Festa da Uva da sua cidade como sede do grande acontecimento. Ele, gaúcho, como o então presidente Médici. E assim foi.

Por acaso, e por uma dessas coincidências, a filha do ministro, uma menina de 15 anos, escolhida rainha da festa, desfilou no alto de um carro, distribuindo acenos e beijos, como principal atração do acontecimento. O livro “Biografia da Televisão Brasileira” conta isso com mais detalhes.

Usando como gancho, e não deixar passar batido, a TV Brasil, na noite deste 19, às 20h30, e na exibição do “Fique Ligado”, iniciará a sua exibição em preto e branco, para só depois da primeira matéria entrar no colorido normal.

Em questão
Dentro da Record, em alguns dos seus setores, cresce o movimento para que a emissora, daqui em diante, inicie um trabalho para, até onde for possível, desvincular a sua imagem da igreja e dos políticos a ela atrelados.
Há o entendimento que os prejuízos sempre foram muitos, mas se acentuaram demais nos últimos tempos.

Munir Chatack/Record TV
Família é surpreendida por um tsunami em "Apocalipse", da Record Imagem: Munir Chatack/Record TV

Exemplo da vez
Entre os “porta-bandeiras” desse movimento na Record, a novela “Apocalipse”, de mal a pior, e o péssimo desempenho do prefeito Crivella no Rio de Janeiro são citados como exemplos.
Fatos contra os quais não há argumentos. Resta saber se serão superadas as enormes forças contrárias.

É hoje
Ainda durante esta segunda-feira, de forma oficial, o canal Fox Sports irá anunciar a contratação de Téo José, ex-Band, antecipada pelo Rogério Jovaneli, quinta passada, no UOL.
Acerto direto com o diretor Eduardo Zebini. Téo se integrará à equipe da Copa do Mundo e também será aproveitado nas narrações de automobilismo.

A saber
A marca “O Tempo Não Para”, que a Globo planeja usar como título da próxima novela das sete, pertence à Fundação Viva Cazuza.
Assim como aconteceu com “Rock Story”, no caso de “RockStória”, propriedade da Viacom, tudo passa a depender da negociação entre as partes.

Time mantido
Quanto a “Verão 90 Graus”, estrategicamente adiada e definida como substituta de “O Tempo Não Para”, a Globo decidiu manter o mesmo elenco – Claudia Raia e cia. - e diretor, Jorge Fernando.
Além disso, a estreia vai acontecer no verão, que tem tudo a ver com que a novela deseja abordar.

Divulgação
Priscila Fantin como Claudinha Pitbull na série "Rio Heroes", da Fox Premium Imagem: Divulgação

Vai encarar?
O Fox Premium marcou para o próximo dia 24, dez da noite, a estreia da série “Rio Heroes”, coprodução entre a Mixer  Films, NBC Universal e Fox  Group.
No elenco, Priscila Fantin como Claudinha  Pitbull, lutadora que “não leva desaforo pra casa”. Além dela, Murilo Rosa, Duda Nagle e André Ramiro.

Sim ou não
Seria na semana passada, na sexta-feira até existiu a tentativa, mas ficou para esses próximos dias a decisão do futebol na Rede TV!.
Se tudo acontecer como seus diretores planejam, além da Série B, há a tentativa de fazer a Série C, mais campeonatos europeus. Num todo, existe o desejo de se tornar o segundo canal esportivo da TV aberta.

Cobertura jornalística
O SBT ainda não definiu nomes, mas confirma que enviará uma equipe à Rússia, com foco nos jogos da seleção brasileira. O seu departamento de jornalismo já está trabalhando em cima disso.
As reportagens serão exibidas nos telejornais da casa.

Bate – Rebate
•       Para o pessoal que está sempre atrás, o SENAC começa hoje sua nova Oficina de Atores. Vai até 26 de março.
•       A Globo analisa diversos projetos de temporada e a avaliação é muito boa...
•       ... O problema é encontrar espaço para a exibição da maioria deles...
•       ... Alguns, como “Tamanho Família” e “Escolinha”, já têm próximas edições confirmadas.
•       O desfecho de “Tempo de Amar” não vai ficar em cima de um “quem vai ficar com Maria Vitória?”, gancho já utilizado em diversas produções...
•       ... A trama tem sua importância, mas outras histórias também ganharão destaque, como as que envolvem os personagens de Tony Ramos e Regina Duarte, por exemplo.
•       Na noite desta segunda, confirmando, Andresa Boni assume o comando do “Jornal da Cultura” no lugar do Willian Corrêa.
•       Tonico Pereira também gravou participação especial no “Tá no Ar”, como apresentador de um comercial de perfumes.
•       A autora Manuela Dias só estreia em 2019 na faixa das 21h da Globo, mas as reuniões sobre a novela já estão a todo vapor...
•       ... A entrada dela está prevista para logo depois de “O Sétimo Guardião”, do Aguinaldo...
•       ... Aguinaldo que ainda está em Portugal, mas ficou de voltar em 1º de março para aí, sim tocar seu trabalho por aqui.

*Colaborou José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo