Topo

O Tempo Não Para

Ator chamado de "poc" em "O Tempo Não Para" diz que Galisteu improvisou

Reprodução/TV Globo
Zelda (Adriane Galisteu) e Igor (Leo Bahia) em "O Tempo Não Para" Imagem: Reprodução/TV Globo

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

18/08/2018 04h00

"Cadê a poc?" foi o bordão da semana na novela "O Tempo Não Para". A fala de Zelda, personagem de Adriane Galisteu, virou meme nas redes sociais e motivo de comemoração para muitos telespectadores por ter chamado Igor (Leo Bahia) pela gíria, que quer dizer gay afeminado.

A frase, no entanto, não estava no roteiro do capítulo entregue aos atores. "Isso foi coisa da Galisteu. Ela já explicaria o que era, porque a Marocas [Juliana Paiva] não entende que Igor é gay. [O bordão] foi improvisação. Eu achei incrível", disse Leo Bahia, intérprete de Igor, ao UOL.

Na cena, Marocas se recusou a tirar a roupa na frente de Igor para provar os modelos atuais de Zelda. A estilista explicou que seu funcionário é poc, mas a garota do século 19 não entendeu até o rapaz dizer que prefere homens.

O ator tem adorado a repercussão de seu personagem homossexual. "As pocs são as que mais representam os gays, porque são os que sofrem preconceito, que todos sabem que são gays assumidos. Esse papel é um jeito de homenagear as pocs do Brasil", conta.

Cesar Alves/TV Globo
Adriane Galisteu e Leo Bahia no lançamento de "O Tempo Não Para" Imagem: Cesar Alves/TV Globo
Embora Igor tenha o perfil da gíria, o ator que o interpreta desconhecia o significado. "Não sabia o que era e quando ela falou fui procurar. Assisti a um vídeo da Lorelay Fox e vi gente comentando que poc quer dizer 'perfeita aos olhos de Cristo'", brinca.

Bahia e Galisteu ensaiam rapidamente antes de gravar, e o ator se impressionou com a habilidade da colega, que não atua em novelas há 22 anos --a última havia sido "Xica da Silva", em 1996, na extinta Manchete. Nos bastidores, ele também se encantou com a generosidade dela.

"A Galisteu é muito segura, já chega com tudo que vai fazer no texto, cada intenção. Passamos a cena várias vezes e ela me ajuda muito, me dá a maior força. Por mais que não tenha trabalhado tanto como atriz nos últimos anos, é muito boa. Ela está sendo muito parceira e generosa. Por exemplo, no lançamento da novela ela posou e me chamou para tirar foto, e era um lugar que eu não iria porque é só para famosos", elogia.

Segunda novela

Reprodução/Instagram/leofbahia
Leo Bahia e Rafael Vitti em "Rock Story" Imagem: Reprodução/Instagram/leofbahia
Aos 27 anos, Bahia tem no currículo musicais --viveu Abelardo Barbosa jovem no espetáculo sobre "Chacrinha"-- e fez três filmes. Antes de interpretar Igor, seu primeiro papel fixo na TV, participou de "Rock Story" (2016) como um dos amigos de infância de Léo Régis (Rafael Vitti).

"Sempre quis fazer TV, sou fascinado por novela, mas achava muito distante, inalcançável. A partir do momento em que comecei a fazer teatro, começaram a me chamar para testes na Globo", recorda. O ator ganhou o papel em "O Tempo Não Para" após ir ao teste vestindo uma camisa social de manga curta com uma gravata borboleta, figurino usado por Igor.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!