Topo

Renan, Adélia e Tamiel planejam provocar agressão de Ana para expulsá-la

Do UOL, São Paulo

24/02/2016 18h22

Renan, Adélia e Tamiel procuram uma forma de desestabilizar Ana Paula no "BBB16". No quarto do líder, nesta quarta-feira (24), Adélia sugeriu que na próxima festa Renan espere a jornalista beber para levá-la à expulsão do reality. 

Tamiel disse que é só o modelo esperar que Ana Paula fique nervosa e brigue com o brother. "Só você encará-la e encostar seu nariz no dela, com certeza ela vai te dar um tapa", disse o goiano para Renan. Adélia apoiou a ideia do professor. O paulista disse que isso não seria difícil de conseguir.

O brothers não sabem que Ana Paula já espera a provocação. Durante o almoço, numa conversa com Munik, Ronan e Geralda, a jornalista comentou: "O Renan já falou para o Matheus que fica me provocando porque tem certeza de que eu vou dar nele. Já deixou avisado que faz isso para eu bater nele e ser desclassificada".

O trio teve a ideia enquanto conversava sobre as eliminações de Juliana e Daniel, quando também chegou à conclusão de que combinar votos pode ser necessário.

"Já saíram dois que pensavam como nós. O negócio é conseguir colocar dois deles. Ana Paula e Ronan seria ótimo, agora [o paredão] não é mais fake", observou Adélia.

A paulista continuou: "Se eu tiver que morrer, vou morrer atirando. Agora entendi a tática de guerrilha da qual eles tanto falam". A sister disse acreditar que ela acordou para a realidade na casa após a eliminação da dançarina. 
 
Tamiel também se posicionou. "Se for líder, tem que vetar a Dona Geralda e a Pequizinha", disse o professor de ecologia, olhando para Renan.
 
"Então vamos lá, agora somos nós três. Vamos fazer assim, amanhã depois da prova [do líder] a gente senta e conversa", respondeu o modelo, que disse se sentir culpado pela eliminação da amiga. 
 
Para Adélia, Ana Paula "se preparou" para o confinamento. "Acho que ela se preparou para entrar aqui, tanto na questão do telemarketing como nas estratégias de voto", opinou a sister, sugerindo que o pai da jornalista teria contrato uma central de telemarketing para votar a favor da filha. 
 
Após Adélia deixar o quarto, Renan confessou não estar tão disposto a mudar seu comportamento na casa. "Cheguei até aqui, a minha melhor amiga saiu e eu vou mudar agora", lamentou o modelo. Tamiel disse entender, mas lembrou o amigo que é preciso mudar de postura. "O ambiente muda e a gente tem que mudar também", opinou o goiano.
 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!