PUBLICIDADE
Topo

Especial BBB20

Desde a expulsão de Ana Paula, a audiência do "BBB16" só cai

Na noite da expulsão de Ana Paula, o programa atingiu um pico no Ibope de  30,9 pontos e depois só caiu - Reprodução/TV Globo
Na noite da expulsão de Ana Paula, o programa atingiu um pico no Ibope de 30,9 pontos e depois só caiu Imagem: Reprodução/TV Globo

Mauricio Stycer

Colunista do UOL

23/03/2016 00h32

Como escrevi há uma semana, só o acaso (Cacau conquistar a liderança) evitará uma final com Munik, Ronan e Geralda. Não foi apenas este colunista, porém, que notou como esta edição se tornou previsível. Parte do público, possivelmente decepcionado, também abandonou o reality show.

A audiência do “BBB16” está em queda visível desde a expulsão de Ana Paula, na manhã de sábado, 5 de março. Naquela noite, o programa registrou em São Paulo um Ibope espetacular, 30,9 pontos, o mais alto em um sábado desde 2010. Sete dias depois, no dia 12, a audiência despencou 33%, caindo para 20,8. 
 
Em outros dias da semana, a queda também foi visível. Na segunda-feira, dia 7, véspera de paredão, um dia animado, o Ibope registrou 30,3 pontos. Sete dias depois, marcou 28,4. E nesta segunda (21), caiu mais um pouco, chegando em 26,4.
 
Na terça-feira, dia 8, quando Adélia foi eliminada (num paredão com Munik e Ronan), o “BBB16” marcou 29,6 pontos. Uma semana depois, na eliminação de Renan (contra Ronan e Geralda), o Ibope ficou em 26,5, uma queda de mais de 10%. 
 
Escrevo ainda sem saber o Ibope da noite da eliminação de Matheus. Mais um resultado previsível, desde que Ana Paula passou a comandar mutirões na internet em defesa dos seus aliados – Munik, Ronan e Geralda. Mas é possível imaginar que a curva continua na descendente. Os números não mentem...
 
O resultado do paredão, uma vitória acachapante de Geralda, mais uma vez contraria todas as enquetes sobre a disputa, num sinal evidente de que as torcidas organizadas estão fazendo valer a sua vontade no programa. 

Especial BBB20