PUBLICIDADE
Topo

Especial BBB20

Depois de DR e reconciliação, Festa Fábrica termina na piscina

Do UOL, em São Paulo

17/03/2016 07h32

A Festa Fábrica trouxe para os brothers um espaço cheio de ferramentas, com muita comida e bebida, na noite desta quarta-feira (16). Os brothers receberam quatro coolers de bebidas e curtiram uma noite, uma madrugada e uma manhã de muita música, dança e brincadeiras. 

Com um clima mais calmo, a Festa Fábrica aconteceu de forma tranquila, sem brigas e com harmonia entre os brothers. Geralda foi a primeira a sair da festa, depois de beber muita cerveja. Antes, a sister relembrou sua trajetória no "BBB16" e se emocionou.

Matheus foi o segundo a sair da festa, mas antes de ir dormir, pulou na piscina só de cueca branca. O mineiro concluiu a noite com uma passada pela sauna do "Big Brother".

Reconciliação

Durante a Festa Fábrica, um dos principais destaques foi a reconciliação de Matheus e Maria Claudia. Mesmo depois de terem trocado beijos, o casal ainda se mantinha distante, sem conversar ou trocar carícias. As coisas só mudaram quando o brother chegou em Cacau e disse: "Cau, eu só quero te pedir desculpa. Desculpa pelo que eu fiz semana passada. E eu só quero te falar uma coisa: se eu puder te proteger, eu vou te proteger".

Os dois conversaram por bastante tempo, tentando acertar os ponteiros da relação. O mineiro pediu para que a potiguar volte a confiar nele e insistiu que eles devem se unir contra Munik, Geralda e Ronan. "Acabou dona Geralda, acabou tudo. Somos só nós dois. A gente vai ganhar liderança, vai ganhar anjo, vai ganhar tudo aqui. Porque eu não tenho medo deles", frisa Matheus. Cacau ironiza: "O teu problema é que você me solta muito fácil. Você não me segura. Você acha que eu saí de Natal, do Rio Grande do Norte, só pra ser idiota".

O mineiro ainda se desesperou e foi às lágrimas ao pensar que poderá ser eliminado. Matheus demonstrou ter grande receio quanto a Ronan, alegando que o brother une forças com as torcidas dele, de Munik, Geralda e Ana Paula, para eliminar os outros participantes da casa. Segundo Matheus, esta foi a forma com que os últimos colegas de confinamento, como Renan e Adélia, foram eliminados.

Crítica

O casal ainda foi criticado por Geralda. A professora aposentada afirmou que a volta e o beijo do casal eram algo "comercial", como uma estratégia de marketing.

Munik também conversou com a sister sobre Matheus e garantiu que o mineiro se tornou sua próxima opção de voto e que, caso se torne líder, indicará o brother. Mas não criticou a sister por voltar com o affair: "Você teve a chance de ter alguém aqui, tem que curtir".

Pós Festa

Depois de amanhecer, os brothers ainda dançaram muito, pedindo para que a produção enviasse mais cerveja. Quando perceberam que não receberiam mais bebidas, decidiram descer para a piscina. Munik e Cacau haviam feito um pacto de que não dormiriam até a hora do Raio-X e já planejavam ir para a banheira da líder, curtir o último do de liderança da goiana.

Antes, os brothers conversaram sobre sexo de reconciliação. Como Cacau e Matheus fizeram as pazes na festa, os brothers tocaram no assunto. Munik alegou: "A melhor coisa é brigar e depois dar uma". 

Maria Claudia perguntou então se os brothers fariam sexo no "Big Brother", e Ronan disse que sim. Munik garantiu: "Eu faria sexo, faria amor, faria a p**** toda. Eu faria em cima do edredom, embaixo, na piscina, fora da piscina, ali na cadeira". A sister ainda brincou sobre fazer sexo na academia: "Seria uma experiência, porque eu acho que ninguém fez".

Munik é a favorita para ganhar o "BBB16"

UOL Entretenimento

Especial BBB20